Como começar uma clínica de estética do zero

Como começar uma clínica de estética do zero

Abrir a própria empresa é sempre um desafio. E quando falamos em como começar uma clínica de estética, esse desafio pode ser ainda maior, pois é uma área que vem crescendo e formando cada vez mais profissionais e, consequentemente, aumentando a concorrência. 

Mas, ao mesmo tempo, a busca por procedimentos estéticos também aumentou, possibilitando que todas as empresas de estética conquistem seu próprio espaço nesse mercado. E para facilitar esse processo, é importante seguir alguns passos importantes. Continue a leitura e confira.

O cenário da estética no mundo

É só acessar as redes sociais e  rolar o feed de publicações para, em algum momento, se deparar com  conteúdos relacionados a procedimentos estéticos. Isso porque, a procura por esses serviços apresentou significativo aumento nos últimos anos, se tornando, inclusive, assunto bastante comentado.

Para ter uma ideia, em 2021, o mercado global de medicina estética foi avaliado em US$ 99,1 bilhões, segundo o relatório Aesthetic Medicine Market Size & Growth, elaborado pela empresa americana Grand View Research. A projeção é de que até 2030 haja um crescimento de 14,5% no faturamento do setor.

Nesse cenário, o Brasil se coloca na segunda posição entre os países que mais realizam procedimentos estéticos cirúrgicos e não cirúrgicos, ficando atrás apenas dos EUA, segundo a última pesquisa global realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética ISAPS em 2020.

Os cinco procedimentos estéticos não cirúrgicos mais realizados mundialmente são, ainda de acordo com a pesquisa da ISAPS: toxina botulínica (43,2%), ácido hialurônico (28,1%), remoção de pelos (12,8%), redução não cirúrgica de gordura (3,9%) e fotorrejuvenescimento (3,6%). Além disso, cerca de 85% dos procedimentos não cirúrgicos foram realizados em mulheres.

Mas, então, tendo em vista esse cenário e aproveitando o boom que o setor vem apresentando, quais passos seguir para montar uma clínica de estética e alcançar o sucesso desejado? A seguir, confira os pontos principais. 

Sistema para clínica

Passo a passo para montar uma clínica de estética de sucesso

Para colocar em prática o sonho de abrir a própria clínica de estética, é importante seguir alguns passos. O primeiro deles refere-se à criação de um plano de negócios. Ou seja, escrever todos os pontos essenciais para montar a clínica

No plano de negócios, é importante incluir o objetivo da empresa; missão, visão e valores; investimento necessário; local onde será montada a clínica; descrição de quais serviços serão oferecidos; análise do mercado, desde concorrentes até fornecedores; plano de marketing, operacional e financeiro; entre outras coisas. 

Com o plano de negócios completo, o passo seguinte é reunir a documentação necessária para abrir a empresa. Por se tratar de uma clínica de estética, há autorizações obrigatórias que são exigidas pela Anvisa e que devem ser providenciadas e apresentadas para que a empresa possa começar a atuar.

Entre esses documentos, estão o alvará de autorização sanitária, alvará de localização e funcionamento, comprovante de recolhimento dos resíduos perfurocortantes, registro de manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos, registro de monitoramento de esterilização, entre outros. 

Com todos os documentos necessários em mãos, é hora de pensar na infraestrutura do espaço, tendo em vista o número de profissionais e procedimentos que serão oferecidos. Hoje, a Anvisa também exige o cumprimento de normas relacionadas à infraestrutura desses espaços destinados ao embelezamento e estética.

Sendo assim, é essencial buscar orientação dos órgãos competentes antes de se decidir pelo local onde a clínica será montada. Mas claro que, além disso, também é importante ficar de olho na localização que aquele espaço possui e de que forma isso beneficiará a lucratividade da empresa. 

Outro passo extremamente importante sobre como começar uma clínica de estética refere-se a formação de uma equipe especializada, principalmente se objetivo for atender um grande número de clientes, o que fica difícil quando a clínica possui poucos profissionais atuantes.

Dessa forma, vale ressaltar que para atuar na área de estética, os profissionais precisam ter formação acadêmica de nível técnico ou superior, ministrada por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação. 

Portanto, na hora de contratar profissionais para atuarem na clínica, é essencial que eles comprovem formação e experiências já tidas na área, garantindo que os serviços sejam realizados com máxima qualidade. 

Investir em tecnologias para a gestão da empresa é outro passo importante que não deve ser ignorado. Hoje, a presença de ferramentas é essencial para o crescimento de uma empresa. Na área da estética essa importância cresce ainda mais. 

Por meio das soluções tecnológicas certas é possível, por exemplo, manter o estoque da clínica sempre organizado, possibilitando automatizar o controle dos produtos que entram e saem, de forma instantânea. 

Além disso, é possível organizar melhor os agendamentos dos pacientes, evitando conflitos de horários, atrasos e faltas. Com uma agenda médica online, por exemplo, pode-se acompanhar o trabalho de vários profissionais ao mesmo tempo, de um único lugar. Algo que se torna impossível quando a agenda é em papel.

Mas vai além, são muitas as possibilidades que a tecnologia oferece para melhorar a gestão de uma clínica de estética e oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes. Por isso, vale a pena investir nas ferramentas certas, como o melhor software de gestão para clínica de estética

Por fim, mas não menos importante, outra dica sobre como começar uma clínica de estética, é o fato de investir em estratégias de divulgação, fazendo com que a clínica seja conhecida por mais pessoas, em diferentes canais de comunicação e de forma mais rápida. 

Assim, investir em uma administração e gestão de marketing de empresas de estética acaba sendo essencial. Para isso, vale a pena contar com profissionais da área, que identifiquem o público-alvo da clínica e saiba como produzir e compartilhar conteúdos relevantes, a fim de conquistar mais pacientes. 

Quanto custa abrir uma clínica de estética

Quanto custa abrir uma clínica de estética?

Para abrir um centro de estética é importante ter uma média de quanto será preciso investir. Isso pode ser feito por meio do plano de negócios. Para isso, deve-se definir quais procedimentos a clínica irá oferecer ao público e, com isso, saber quais equipamentos serão necessários. 

Alguns equipamentos essenciais para clínicas de estética são: aparelho de peeling (valor médio de R$ 1.800 a R$ 6 mil); aspirador de secreções (R$ 480 a R$ 5.500); estufa para esterilização (R$ 1.200 a R$ 5.700); maca para o paciente (R$ 500 a R$ 10 mil); aparelho ionizador (R$ 1.500 a R$ 6 mil); entre outros. 

Claro que a quantidade e o tipo de aparelhos que devem ser adquiridos, vai depender do número de profissionais, tipo de procedimentos que serão oferecidos e média de pacientes que se deseja atender diariamente. 

Além do valor investido nos equipamentos de estética, ainda será necessário calcular o valor do local em que a clínica será montada, desde aluguel até possíveis reformas, móveis e decoração. 

Sem um plano de negócios, é difícil definir o custo de um centro de saúde e beleza. Há profissionais que iniciam atendendo poucos clientes, com equipe reduzida e equipamentos simples, investindo um valor inicial em torno de R$ 10 mil. Mas há também aqueles que começam grande, investindo um valor muito mais alto. 

Independente disso, o retorno financeiro de uma clínica de estética pode ser bastante atrativo. Hoje, é possível encontrar muitos cases de sucesso de pessoas que souberam como começar uma clínica de estética, empreenderam no setor,  e alcançaram um crescimento bastante expressivo. 

guia gestão financeira para médicos

Começar ou não?

É normal que ao pensar em como abrir uma clínica de estética, o profissional tenha dúvidas e sinta certa insegurança em aceitar esse desafio. Porém, com o crescimento da procura por serviços estéticos e a expansão desse mercado no país, investir nesse modelo de negócio acaba valendo bastante a pena. 

Claro que, como dito ao longo deste conteúdo sobre como começar uma clínica de estética, é importante estudar o mercado, analisar a concorrência, montar um plano de negócios e estar totalmente preparado para que esse passo seja dado com total garantia de sucesso. 

E para te ajudar ainda mais nessa caminhada, preparamos outro conteúdo muito interessante, sobre como acelerar o crescimento e manter o sucesso de clínicas de estética

Software para clínicas
Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.
Compartilhar Inscreva-se