Compartilhar Inscreva-se
A saúde da sua clínica também precisa de cuidados!
  • Diminua 50% as faltas dos pacientes.
  • Economize 40% no tempo de suas secretárias.
  • Facilite 100% seu dia.
Gostou desse conteúdo?

Junte-se a nossa lista de 10.500 profissionais da saúde e receba em primeira mão conteúdos exclusivos, eBooks e dicas de gestão.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.

Quais as melhores práticas de atendimento infantil na clínica?

Quais as melhores práticas de atendimento infantil na clínica?

O atendimento infantil traz vários desafios para os profissionais da área da saúde. Crianças são muito inteligentes e possuem formas próprias de se expressar. É preciso ter técnicas adequadas para lidar com os menores no consultório. Isso ajuda a estimular a cooperação da criança no tratamento e promove uma interação positiva.

Para alcançar esses resultados, é importante investir em práticas adequadas na clínica e específicas a esse público. Quer saber quais são essas medidas? Confira o nosso post e entenda mais sobre o assunto!

Qual a importância de ter técnicas para realizar o atendimento infantil?

Todo sujeito está em construção, seja ele pequeno ou já adulto. Mas, nesse contexto, podemos notar que o universo infantil é muito diferente da realidade adulta. As crianças estão aprendendo valores e enraizando as lições dos seus pais e da sociedade. Têm mais espontaneidade na expressão de emoções, além de estarem passando por vários processos cognitivos para desenvolverem novas habilidades.

Dessa forma, ter técnicas adequadas para realizar o atendimento infantil é fundamental para conseguir boas respostas ao tratamento e para estabelecer uma comunicação positiva com a criança e seus responsáveis. Com boas estratégias, é possível construir um laço benéfico e prestar um bom serviço ao pequeno e sua família.

Quais as melhores práticas de atendimento de crianças na clínica?

Há várias práticas que podem ser muito positivas para o atendimento infantil. Veja a seguir algumas delas!

Tenha uma equipe preparada e treinada

Capacitar os profissionais é muito importante para que eles tenham os conhecimentos adequados para lidar com crianças. Com a equipe preparada e treinada, é mais fácil criar estratégias para enfrentar os impasses e desafios do atendimento infantil. É importante investir em cursos para os colaboradores ampliarem seus saberes e reciclarem técnicas que já não funcionam mais.

Esse processo também é necessário porque as gerações estão em constante modificação. As crianças de hoje passam por diferentes processos psicossociais em relação às gerações anteriores. Assim, é fundamental aprender mais sobre os novos hábitos e costumes do universo infantil.

Utilize a ludoterapia

A ludoterapia é a terapia através do brincar. As brincadeiras falam muito sobre a realidade que o pequeno vive, pois é a mais autêntica forma de expressão da criança. Nos mundos imaginários e no “faz de conta”, elas falam sobre suas vivências, prazeres e dificuldades.

Assim, utilizar a ludoterapia é uma ótima forma de conduzir o atendimento infantil. Com ela, você consegue conhecer as principais habilidades cognitivas do indivíduo, além de ser uma forma de escutar as carências e questões que esse paciente enfrenta.

Mantenha um ambiente tranquilo

Um consultório pode ser um ambiente um pouco difícil para os pequenos, pois é um local afastado de casa e pouco familiar. Dependendo da área de atuação (medicina ou odontologia, por exemplo), o ambiente clínico pode suscitar lembranças de dor. Uma criança pode ter tomado vacina em um consultório ou ter passado por um procedimento doloroso no dentista. Quando são ainda muito pequenas, elas podem ficar com medo das várias pessoas estranhas que circulam na clínica.

Manter um ambiente tranquilo é decisivo para conseguir conduzir bem o atendimento infantil. Salas claras, bem iluminadas e convidativas, com pouco barulho e com mobília confortável são ótimas para causar uma impressão positiva nas crianças.

Saiba como tratar a criança

Saber a forma de tratar a criança é importante para conseguir a atenção e a cooperação dela no tratamento. É fundamental não agir de forma muito infantilizada e tentar respeitar a faixa etária do indivíduo. Além disso, escute o que ele fala e tente se adaptar a essa linguagem. Tenha autenticidade, tranquilidade e cuidado.

Boas práticas de atendimento infantil na clínica são fundamentais para conseguir a cooperação da criança e para alcançar boas respostas no tratamento. Com as técnicas certas, é possível alcançar ótimos resultados e realizar um bom trabalho com os pequenos.

E então? Gostou de conhecer as melhores atitudes no atendimento infantil? Confira também o nosso post sobre como atrair os pacientes que sua clínica deseja!

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.