Compartilhar Inscreva-se
A saúde da sua clínica também precisa de cuidados!
  • Diminua 50% as faltas dos pacientes.
  • Economize 40% no tempo de suas secretárias.
  • Facilite 100% seu dia.
Gostou desse conteúdo?

Junte-se a nossa lista de 10.500 profissionais da saúde e receba em primeira mão conteúdos exclusivos, eBooks e dicas de gestão.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.

Marketing Médico: Como Fazer e Quais as Limitações Legais?

Marketing Médico: Como Fazer e Quais as Limitações Legais?

O marketing médico pode fazer a sua clínica se manter bem no mercado e, além disso, crescer surpreendentemente. Bacana, não é mesmo? 

Nós também achamos o assunto muito relevante e, por isso, resolvemos trazer todas as dicas para você divulgar seus serviços. Mas, claro, tudo dentro das limitações legais. 

Quer entender tudo isso melhor? 

Então, continue a leitura! 

Mais pessoas podem conhecer o seu atendimento médico. Conte com a ajuda da Clínica nas Nuvens para isso! 

O Que é Marketing Médico?

o que é o marketing médico

O marketing médico é desenvolver e ofertar valor em espaços de cuidado com a vida humana. 

De acordo com Philip Kotler, norte-americano especialista no assunto, a palavra marketing significa:

“a ciência e arte de explorar, criar e proporcionar valor para satisfazer necessidades de um público-alvo”. 

Sendo assim, vamos entender um pouco mais sobre a importância de fazer uma boa publicização do nosso produto valioso.

Qual a Importância do Marketing Médico?

Depois de entender o significado da teoria, precisamos falar sobre a importância disso tudo. 

O marketing para médicos e outros profissionais da área da saúde é fundamental, uma vez que permite entender melhor as necessidades dos pacientes. 

Com isso, também há mais caminhos para personalizar e aperfeiçoar o atendimento. 

O bom tratamento, por sua vez, aumenta a sensação de satisfação e gratidão dos pacientes, que podem voltar à clínica sempre que precisarem. 

Mais do que isso, essas pessoas também se tornam meios de comunicação para dizer o quanto o seu consultório ou clínica é excelente. 

Percebe como é um efeito cascata? 

Como Fazer Marketing Médico?

como fazer marketing médico

Agora que você já sabe o que é marketing médico e qual a importância disso, confira como colocar as estratégias em ação: 

Defina Seu Público-Alvo

O público-alvo é o perfil majoritário de pessoas que procuram os seus serviços. 

Para saber quem exatamente são esses seres, é possível fazer pesquisas com quem é atendido em sua clínica. Pergunte a idade, profissão, problemas e expectativas dos pacientes.  

Se você já tiver um site, também dá para captar algumas informações, como gênero e faixa etária mais comum, por meio do Google Analytics (ferramenta de marketing digital). 

Tenha Uma Identidade Visual

Sabe aquele velho ditado de que: “uma imagem vale mais do que mil palavras?” Em muitos contextos do dia a dia, isso se aplica bastante. 

Existem marcas que conseguem escolher uma cor ou criar um logotipo muito marcante. Vale testar isso para a sua clínica! 

As pessoas realmente costumam ver as imagens, cores e imediatamente associar a determinadas empresas. 

Nesse processo, também é bacana explorar o conceito de psicologia das cores. Claro, dê prioridade para tons que transmitam a ideia de saúde, acolhimento e bem-estar. 

Construa Um Site

É impossível negar que a tecnologia invadiu e trouxe benefícios às nossas vidas. Para o marketing médico, ela pode ajudar demais. 

Afinal, por meio de um site bem desenvolvido, dá para divulgar os serviços de uma maneira mais abrangente e completa. 

Aproveite para colocar informações sobre a história da clínica, experiência dos profissionais, serviços disponíveis, valores, etc. 

Faça Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é a criação de informativos (textos, imagens, vídeos, infográficos, e-books) com dados e dicas importantes para o seu público-alvo. 

Os mais variados assuntos podem ser abordados, já a divulgação é viável em blog, redes sociais ou no próprio site da empresa. 

Invista em Links Patrocinados

Você já ouviu falar em links patrocinados? Eles são anúncios que aparecem em páginas de resultado do Google ou nas redes sociais (no feed de notícias ou, ainda, em stories). 

Dá para você fazer esse investimento (por meio de agências ou profissionais autônomos da área) e, então, ter os seus serviços divulgados. 

Conheça as ferramentas de marketing para clínicas e consultórios do Clínica nas Nuvens e fortaleça a sua comunicação com o paciente!

Quais as Limitações do Marketing Médico CFM?

marketing médico

As ações de marketing, assim como toda e qualquer outra atividade médica, é regulamentada e fiscalizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). 

É importante que você esteja atento às diretrizes para não sofrer processos profissionais. 

Então, veja o que NÃO FAZER dentro no marketing médico

Não Se Intitule “O Melhor”

O CFM não permite que a classe médica use o termo “o melhor”, independentemente de qual seja o assunto abordado. 

Não Dê Garantia de Resultados

Também não é permitido garantir, para o paciente e seus familiares, que esse ou aquele tratamento trará resultados. 

Não Faça Uso da Imagem de Celebridades

Outra proibição é sobre o uso da imagem de pessoas famosas — sem conhecimento sobre a área — para comprovar tratamentos ou, simplesmente, recomendar a sua clínica médica. 

Não dê “Possíveis Diagnósticos”

Qualquer diagnóstico só pode ser dado após consulta com o paciente e investigação dos sintomas, por meio de exames clínicos. 

Sendo assim, não afirme nada sem ter comprovações e certezas. 

Cuidado Com a Autopromoção

O Conselho Federal de Medicina ainda reforça que o exercício da profissão não deve se basear no bem próprio. Ou seja, não faça divulgações para se autopromover. 

As ações devem ser voltadas para o atendimento, acolhimento e tratamento dos pacientes

Conte com o Clínica nas Nuvens para fortalecer seu relacionamento com o paciente por meio do envio de SMS, emails, WhatsApp e mais!

Conclusão

Nós não temos dúvidas de que, a partir das cinco dicas que mostramos aqui, você poderá começar e fortalecer o seu marketing médico! 

Vale lembrar, ainda, que todas as decisões e práticas precisam ser focadas na melhor experiência dos pacientes

Tudo pronto para começar, então? 

Se você quiser saber mais informações e dicas sobre gestão de atendimento à saúde, continue aqui no blog Clínica nas Nuvens

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.