Compartilhar Inscreva-se

Saiba tudo sobre como fazer credenciamento em planos de saúde

Saiba tudo sobre como fazer credenciamento em planos de saúde

Você sabe o que é e como fazer credenciamento em planos de saúde? O credenciamento médico aos planos de saúde é uma espécie de cadastro autorizado na rede conveniada de uma operadora.

Ao realizar a tarefa com sucesso, a clínica se torna um local que oferece atendimento pela empresa do plano, e isso é uma excelente alternativa para atrair mais pacientes.

O processo também é vantajoso porque aumenta a exposição dos serviços profissionais e pode elevar o faturamento.

A desvantagem principal fica por conta do valor de repasse e pela demora em obter os ganhos. No entanto, uma boa estratégia permite contornar as dificuldades e equilibrar o atendimento.

Portanto, com um bom planejamento, será possível aproveitar as vantagens de atender convênios particulares e driblar dificuldades. Já dizia John L. Beckley:

“A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar”.

Logo, ao decidir realizar o credenciamento médico, é preciso seguir etapas específicas. Para te guiar, listamos algumas dicas que te ajudarão a ter sucesso na tarefa, além de te explicar tudo sobre o assunto. Acompanhe!

Telemedicina

O que é credenciamento médico e qual sua importância?

Antes de você descobrir como fazer credenciamento em planos de saúde, é importante saber de forma clara do que se trata esse procedimento.

O credenciamento médico nada mais é do que a inclusão de pessoas físicas ou jurídicas que prestarão serviços de saúde aos planos de saúde credenciados. Ou seja, será possível atender os pacientes que utilizam esses convênios médicos.

A grande vantagem do credenciamentos de convênios é ampliar o número de atendimentos. Segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), são mais de 47 milhões de beneficiários de planos privados de assistência médica no Brasil.

Ou seja, a probabilidade de você atrair mais pacientes é enorme, já que há um um alto número de possíveis clientes com convênios particulares.

Além disso, a partir do momento que você passa a aceitar planos de saúde em sua clínica,  consegue ampliar sua visibilidade no mercado e deixar seu negócio mais competitivo.

Com um número maior de atendimentos, consequentemente sua clínica conseguirá aumentar o faturamento.

A partir daí, será possível investir no crescimento do seu negócio, com contratações de profissionais, aberturas de novas unidades e modernização do espaço.

Vale ainda ressaltar que saber como fazer credenciamento em planos de saúde é ainda mais importante para profissionais recém-formados, novos negócios e abertura de novas unidades em uma determinada região.

Isso porque atender convênios médicos traz maior visibilidade para a clínica e facilita a formação de clientela.

Como fazer credenciamento em planos de saúde: passo a passo

Como fazer credenciamento em planos de saúde: passo a passo

Quando você sabe como fazer credenciamento em planos de saúde, fica muito mais fácil evitar erros. Por essa razão, veja só o passo a passo para começar a atender convênios particulares:

  • 1º passo: avalie o seu público-alvo
  • 2º passo: pesquise bem as operadoras desejadas
  • 3º passo: reúna e envie os documentos do credenciamento médico
  • 4º passo: prepare-se para o atendimento

Não são muitas etapas, porém cada uma delas deve ser bem planejada e analisada para que tudo ocorra dentro do esperado.

Por isso, vamos te explicar cada uma das etapas do processo de credenciamento em planos de saúde. Vamos lá?

Avalie o seu público-alvo

O primeiro passo consiste em entender quais são as necessidades e características do seu público-alvo. Se o consultório fica próximo a uma empresa que oferece certo convênio, o melhor é se credenciar a ela para se tornar uma opção.

Descubra, ainda, qual é a preferência de quem já foi à clínica ou demonstrou interesse. Entenda que em vez de apenas recorrer às maiores operadoras, o credenciamento médico aos planos de saúde precisa fazer sentido para o seu público.

Pesquise bem as operadoras desejadas

Depois de ter alguns nomes em mente, é hora de pesquisar as características das operadoras. Veja, primeiramente, se há cobertura para a sua especialidade.

Uma clínica odontológica ou uma oftalmológica, por exemplo, só deve se credenciar caso o convênio disponibilize essa possibilidade para os pacientes.

Ainda, confira qual é a área de cobertura. A clínica tem que estar dentro da região da rede conveniada ou o processo não será efetivo.

Além disso, pesquise quais são os valores repassados, o apoio aos profissionais e possíveis benefícios. Conhecer tudo isso antecipadamente ajuda a evitar problemas futuros e também é um jeito de não desperdiçar tempo.

Reúna e envie os documentos do credenciamento médico

Depois desses passos, é hora de fazer o cadastro. Cada empresa tem o próprio processo de credenciamento médico, o que exige documentação específica. No geral, entretanto, alguns elementos são comuns:

  • CNPJ ou CPF;
  • ISS e comprovante de pagamento;
  • CRM;
  • contrato social e ata de reunião, no caso de Pessoa Jurídica;
  • alvará da Vigilância Sanitária e de funcionamento, expedido pela Prefeitura;
  • currículos completos de todos os profissionais;
  • comprovante de conta bancária;
  • informações sobre o lugar e sobre o corpo clínico;
  • relação de todos os profissionais que atuam no local.
  • Antes de enviar, confira as exigências específicas de cada credenciamento. Saiba que nenhuma empresa pode negar seu cadastro por exigir exclusividade.

Depois de despachar a documentação, basta acompanhar o processo. Somente ocorrerá uma negativa diante da falta ou da inconsistência de informações.

Prepare-se para o atendimento

Embora o credenciamento médico seja importante, também é preciso pensar no que vem após a aprovação. Com as consultas e procedimentos acontecendo, será necessário enviar todos os dados por meio do TISS (Troca de Informação de Saúde Suplementar).

Além de reconhecer o protocolo, é importante ter ferramentas que ajudem. Um software completo de gestão, por exemplo, garante o envio padronizado e descomplicado.

Ainda, caso ocorra a alteração de qualquer informação previamente apresentada, não se esqueça de comunicar. Todos os dados precisam estar atualizados, sob pena de suspensão do cadastro.

Sistema para clínica

Como credenciar médico em plano de saúde?

Quando um médico, que atende como pessoa física, deseja realizar o credenciamento em uma operadora de plano de saúde, o processo é similar. A única diferença é a documentação exigida para integrar o convênio.

Veja só quais documentos você precisa garantir quando for fazer credenciamento de plano de saúde:

  • CCM ou ISS junto à prefeitura;
  • CNES;
  • CRM;
  • Alvará de vigilância sanitária e de funcionamento atualizado;
  • Currículo completo do profissional;
  • CRM ou crédito do responsável profissional;
  • Comprovante de conta bancária;
  • Todos os dados do local onde ocorrerá o atendimento.

Deixa de apresentar algum desses documentos ou se houver inconsistência na documentação pode fazer você ser barrado no credenciamento. Por isso, tenha certeza de que providenciar tudo o que é exigido!

Como fazer o planejamento de gastos após o credenciamento

Como fazer o planejamento de gastos após o credenciamento?

Um dos pontos importantes sobre como fazer credenciamento em planos de saúde é se atentar ao repasse do valor. Geralmente, os convênios levam cerca de 60 dias para pagar pelos seus serviços. Portanto, é preciso estar preparado! Entenda como:

Evite erros na solicitação do embolso de valores

Para que a operadora efetue o pagamento pelos seus serviços, você precisará preencher um formulário de embolso.

Nesse processo, podem ocorrer falhas que impossibilitam o recebimento dos valores e não há pagamentos. Essa situação é chamada de glosa médica.

Para evitar essa situação desagradável, é crucial preencher o formulário de embolso de forma rigorosamente correta. Se outro profissional for realizar esse procedimento, não deixe de capacitá-lo para a função!

Tenha uma reserva de emergência

Como vimos, o pagamento pelos serviços prestados não cai na hora. Portanto, o ideal é ter uma reserva de emergência para que sua clínica consiga arcar com os compromissos financeiros e fiscais nessas situações.

Isso evita que o consultório feche o mês no vermelho e acabe em uma situação de prejuízo!

Mantenha suas finanças organizadas

O sucesso de qualquer negócio depende de um bom planejamento financeiro. Afinal, é o acompanhamento de lucros e despesas e uso estratégico dos recursos que possibilita a permanência do seu negócio no mercado.

Por isso, acompanhe de perto a entrada e saída de valores, cortes gastos excessivos, estabeleça metas de lucro e determine investimentos estratégicos para o crescimento da sua clínica.

Conte com um software de gestão

Todas essas medidas ficam muito mais fáceis se você contar com um software de gestão de clínicas!

O sistema da Clínica nas Nuvens é de grande ajuda para a organização financeira, pois permite acompanhar contas a pagar e gerar relatórios de repasses de pagamentos, conciliações bancárias e fluxos de caixa.

Também facilita no controle de lucros, despesas e investimentos com o demonstrativo de resultados de exercícios (DRE).

Além de te ajudar com as finanças, ainda oferece inúmeros recursos para você gerenciar sua clínica. Você poderá controlar facilmente o número de agendamentos do dia e para os próximos meses, criar promoções para horários ociosos, gerar relatórios de atendimento e muito mais!

Tudo será organizado de forma segura para você só se preocupar em oferecer um excelente atendimento aos seus pacientes!

Quer simplificar a gestão do seu consultório e aumentar seus lucros? Conheça o software médico da Clínica nas Nuvens!

Conclusão

Saber como fazer credenciamento em planos de saúde é crucial para médicos e clínicas que desejam atender convênios. Afinal, para que o processo seja bem feito e traga os resultados pretendidos, é importante pesquisar e se preparar antecipadamente.

Assim, o credenciamento se torna uma excelente estratégia para ampliar o número de atendimentos, aumentar a presença da clínica no mercado e, ainda, gerar mais lucro para o empreendimento.

Sistema de controle financeiro para clínicas

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.