Compartilhar Inscreva-se
A saúde da sua clínica também precisa de cuidados!
  • Diminua 50% as faltas dos pacientes.
  • Economize 40% no tempo de suas secretárias.
  • Facilite 100% seu dia.
Gostou desse conteúdo?

Junte-se a nossa lista de 10.500 profissionais da saúde e receba em primeira mão conteúdos exclusivos, eBooks e dicas de gestão.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.

Vale a pena fazer uma sociedade em um consultório ou clínica?

Vale a pena fazer uma sociedade em um consultório ou clínica?

Na hora de abrir ou manter uma clínica ou consultório, há a possibilidade de fazer uma sociedade. Isso é possível quando dois ou mais interessados se unem para garantir que o negócio tenha mais chances de êxito.

Ao mesmo tempo, o processo tem particularidades e exige certos cuidados. Antes de dar os primeiros passos, convém entender se essa é uma alternativa tão conveniente quanto parece.

Por isso, descubra se vale a pena fazer uma sociedade e saiba qual o caminho para o sucesso.

Quais são os principais tipos de sociedade?

Para tomar a melhor decisão, é importante conhecer que a legislação brasileira traz diferentes possibilidades quanto às sociedades. A modalidade simples firma a parceria entre pessoas que exercem suas funções na prestação de serviços. É o caso de médicos que estabelecem uma sociedade e atuam na clínica com o atendimento dos pacientes.

Já as sociedades empresárias têm a ver com a exploração de uma atividade econômica. É o que acontece quando os sócios contratam médicos e especialistas, os quais realizam os atendimentos.

Cada tipo se divide em vários outros, como a sociedade limitada, em que cada um só é responsável pelo total investido. Há, ainda, sociedades em comandita, em nome coletivo, por ações e assim por diante. Cada uma tem exigências específicas quanto ao registro, então é preciso ficar atento a essa questão.

Guia completo: Entenda como transformar a sua clínica em franquia. E-book gratuito.

Quais as melhores práticas e cuidados necessários?

Depois de reconhecer as possibilidades, é hora de avaliar se vale à pena fazer uma sociedade. Essa escolha tem que ser analisada com cuidado e considerar quais são as expectativas e os objetivos dos envolvidos. Lembre-se de que a gestão do empreendimento não será individual, bem como a tomada de decisão. É preciso ter boa comunicação e se preparar para trabalhar em equipe.

Após decidir por essa opção, é fundamental fazer a escolha de um bom sócio. Converse bastante com a pessoa ou com os profissionais. Veja qual é a experiência, a possibilidade de investimento e, principalmente, a visão de negócios. É indispensável poder contar com alguém que esteja alinhado às suas expectativas, pois isso previne problemas no gerenciamento da clínica ou consultório.

Já o registro deve ser feito conforme manda a lei. A ajuda de um contador e de um advogado é essencial para que tudo saia como o previsto.

Quais erros devem ser evitados?

Tão importante quanto fazer uma sociedade é garantir que a parceria seja proveitosa e de sucesso. Então, é indispensável ficar de olho em alguns erros comuns para impedir que eles se consolidem.

Logo no começo, não deixe de elaborar um estatuto social com direitos e deveres de cada parte. Não ter tudo definido e registrado causa divergências quando surgem dúvidas ou imprevistos.

Também é importante não ignorar a transparência. Envolva o sócio (ou os sócios) em todo o processo e não abra mão de compartilhar informações. Qualquer coisa diferente disso põe a relação profissional em xeque e compromete os resultados.

Durante a tomada de decisão, evite a sobreposição de ideias. Em vez de apenas uma parte determinar como agir, o ideal é chegar a um ponto em comum. Longe dessa falha, há uma durabilidade maior da parceria profissional.

Fazer uma sociedade no consultório ou na clínica permite unir forças e talentos rumo ao destaque no mercado. No entanto, analise a possibilidade de forma completa para saber se ela vale a pena. Mesmo em caso afirmativo, tome certos cuidados e evite alguns erros para obter os impactos desejados.

O empreendimento está em desenvolvimento? Veja como gerenciar clínicas diante do crescimento dos negócios e não perca boas oportunidades!

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.