Compartilhar Inscreva-se
A saúde da sua clínica também precisa de cuidados!
  • Diminua 50% as faltas dos pacientes.
  • Economize 40% no tempo de suas secretárias.
  • Facilite 100% seu dia.
Gostou desse conteúdo?

Junte-se a nossa lista de 10.500 profissionais da saúde e receba em primeira mão conteúdos exclusivos, eBooks e dicas de gestão.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.

Empreendedorismo na saúde: o que e como começar um negócio

Empreendedorismo na saúde: o que e como começar um negócio

As profissões ligadas à medicina sempre foram muito bem posicionadas no mercado brasileiro e, pensar em empreendedorismo na saúde em uma época passada, era pouco cotado, talvez, até inviável em um todo. 

Com o passar do tempo e, especialmente, depois das mídias e redes digitais, ser apenas um profissional de medicina – ou de qualquer outra área – não basta para ter um negócio de sucesso.

É por meio do empreendedorismo que vários profissionais começam a buscar a sua diferenciação no mercado da saúde, que se torna mais competitivo a cada dia e exige de seus profissionais mais dedicação e soluções. 

Mais do que isso, é extremamente necessário ser criativo para atender demandas e expectativas.

Mas, afinal, o que é o empreendedorismo na área da saúde? Vamos descobrir mais detalhes neste conteúdo. Aproveite! 

O que é o empreendedorismo na área da saúde?

Segundo Philip Kotler, que é considerado um guru em marketing, o empreendedorismo se trata de todo um conjunto de habilidades, hábitos e comportamentos, natos e inatos, praticados e reforçados por indivíduos.

Para Kotler, qualquer pessoa pode ser uma empreendedora, uma vez que — quando focada e empenhada — ela tem a chance de ser treinada e, então, virar dona de negócios. 

Além disso, também é importante destacar que essas pessoas têm uma grande capacidade de pensar fora da linha do comum e mais do que isso: colocar em prática suas ideias e motivações.

Qual a importância de empreender na área da saúde?

devo empreender na área da saúde?

O empreendedorismo e inovação na saúde é algo extremamente importante. É preciso ter em mente que as questões nesse sentido vão muito além de lucro. 

Isso porque, quando se trabalha com esse nicho, há a possibilidade de melhorar e muito a saúde e o bem-estar de adultos e crianças. Muito mais do que um empreendedor, é possível ser visto como um agente de mudança na sociedade. 

Se você decidir por essa carreira de trabalho, muitos pacientes serão gratos pelo seu ofício, consequentemente, isso também te proporcionará satisfação profissional e pessoal. 

Quais as características de um empreendedor da área da saúde?

Como comentamos, no início, todo mundo possui potencial para ser empreendedor, basta que estude e treine bastante. 

Sendo assim, é válido saber quais são as principais características e habilidades de um excelente dono de negócio na área de gestão médica. Os aspectos estão reunidos abaixo: 

  • criatividade — é preciso ser criativo para identificar inovações em atendimentos e tratamentos de valor para os pacientes; 
  • resiliência — o empreendedorismo na saúde, assim como em qualquer outra área, pode sofrer com as oscilações do mercado. Então, deve-se ser resiliente para sempre achar as soluções e contornar os desafios; 
  • empatia — colocar-se no lugar do outro só melhora o acolhimento daqueles que necessitam de atenção médica, por isso, aprimore a sua empatia; 
  • busca de novas informações e dados — a ciência evolui o tempo todo, então, para oferecer os melhores tratamentos, é preciso estar a par das novas descobertas, dados e informações médicas. 

Quais as principais oportunidades para empreender na área da saúde?

empreendedorismo na saúde

Abrir uma clínica médica ou um consultório são excelentes ideias. Afinal, nesses espaços é viável integrar diversos serviços. 

Por exemplo, o paciente tem a oportunidade de se consultar com um clínico geral e já realizar os seus exames de check-up anual. Tudo no mesmo lugar e, assim, de jeito mais prático. 

Também dá para você abrir esses tipos de centros médicos, mas com o foco em um público, apenas: terceira idade, bebês e crianças ou para mulheres. 

Como empreender na área da saúde?

Os cuidados para empreender na área da saúde são muitos. A seguir, listamos algumas habilidades e estratégias importantes para você crescer e ter sucesso. 

Confira: 

Utilização da internet 

Grande parte do empreendedorismo, hoje, pode ser feito na internet, em especial nas mídias e nas redes digitais

Aliando como forma do próprio marketing pessoal do médico, estar conectado é um grande passo de diferenciação dos concorrentes, além de aumentar a perspectiva que o profissional tem do mercado.

Oferta de diferenciais e inovações

Oferecer um diferencial também é extremamente necessário: ambiente agradável, bom atendimento e preocupação com pessoas são aspectos que manterão os pacientes em sua clínica. 

Com as informações e a grande quantidade de profissionais, hoje, se o paciente não gostar de seu serviço, não pensará duas vezes antes de trocar de clínica médica. 

Além disso, a gestão organizada do consultório ou da clínica é fundamental para exercer as boas práticas de empreendedorismo na saúde. Colocar ordem na casa é o primeiro passo!

Especialização e tratamentos diferenciados 

Especialização e tratamentos diferenciados também são um grande atributo frente à concorrência, bem como a curiosidade de estar sempre atento às novidades do mundo médico, tais como alimentação e hábitos de exercícios. 

Nesse sentido, estar informado é extremamente importante, especialmente quando os seus pacientes têm acesso a artigos e pesquisas médicas, que antes somente acadêmicos e profissionais da área da saúde teriam.

Abertura de clínica médica 

Uma das grandes formas de empreendedorismo na saúde, atualmente, são as clínicas médicas: lugares onde vários profissionais de áreas diferentes atendem e oferecem uma alternativa viável ao paciente. 

Se ele confia em um cardiologista e precisa de um ortopedista, nada mais natural do que confiar no vizinho de porta de seu médico favorito. Aliar-se a bons profissionais, em uma clínica médica, pode fazer a diferença no seu dia a dia profissional.

Uso de softwares para a rotina da clínica 

software médico clínica nas nuvens

É claro que não basta abrir uma clínica médica ou consultório com excelente infraestrutura e profissionais capacitados, também é fundamental estabelecer uma gestão eficiente. 

Sobre isso, fica aqui a grande dica de software para centros de saúde. Esse tipo de ferramenta digital oferece armazenamento na nuvem, agenda médica, espaço virtual para telemedicina, recursos para fazer o controle financeiro e muito mais. 

Conclusão 

Neste conteúdo, vimos o que é o empreendedorismo na saúde e suas diretrizes. 

A partir daí, o empreendedor deve ser, acima de tudo, curioso e persistente em suas pesquisas. Tem uma grande ideia? Coloque-a em prática e empreenda em sua área ou negócio! 

Vale ainda ressaltar que empreender não é só ter uma super ideia criativa, muitas vezes, é ver um problema e saber solucioná-lo da forma mais adequada possível à situação, ao local e ao tempo.

Identifique quais dilemas você pode solucionar para os pacientes e comece no mundo empresarial com o pé direito! 

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.