Compartilhar Inscreva-se

Como fazer livro-caixa para consultório odontológico

Como fazer livro-caixa para consultório odontológico

Manter a saúde financeira de consultórios odontológicos é sempre um desafio, mas com organização e comprometimento é possível realizar isso sem estresse e da maneira correta. Para isso, contar com um livro-caixa para consultório odontológico é uma boa alternativa. 

O livro-caixa é uma ferramenta essencial para o controle financeiro e a gestão do consultório odontológico, possibilitando visualizar e organizar as entradas e saídas com total clareza, além de ajudar na declaração do Imposto de Renda

Quer saber mais sobre a importância do livro-caixa para consultório odontológico? Continue lendo o conteúdo e tire suas dúvidas sobre o assunto. 

O que é livro-caixa

O livro-caixa é utilizado para que pessoas físicas ou jurídicas realizem o controle financeiro, registrando entradas e saídas do caixa da empresa. 

É indicado para empresas de todos os portes e ramos de atuação, inclusive para consultórios odontológicos. Mesmo que não seja de uso obrigatório, é interessante que ele seja utilizado, garantindo um melhor controle financeiro.  

No caso de profissionais liberais, que é a realidade de muitos dentistas, o uso do livro-caixa para consultório odontológico é ainda mais importante, já que é possível deduzir do Imposto de Renda alguns dos valores referentes às despesas do consultório. 

Entre essas despesas dedutíveis, estão: remunerações de serviços terceirizados com vínculo empregatício; custos relacionados a cursos, seminários, encontros científicos, e que sejam necessários para o crescimento profissional; e gastos com propagandas relacionadas à empresa. 

Quando esses gastos são registrados de forma correta no livro-caixa, é possível comprovar esses valores e deduzi-los na declaração do Imposto de Renda. Sem esses registros, fica mais difícil fazer essa dedução. 

Software odontológico

Como funciona para consultório odontológico?

Na prática, o livro-caixa deve ser preenchido diariamente e de forma detalhada. Nele, o dentista deve descrever os pagamentos recebidos e realizados, assim como, a forma como essas movimentações acontecem (dinheiro, PIX, depósito, cheque, cartão, etc)

É extremamente importante que absolutamente tudo seja informado para que não haja furos no controle financeiro. Para isso, é preciso disciplina e comprometimento. Além disso, existem algumas estratégias de organização que podem facilitar esse processo. Por exemplo, preencher os dados cronologicamente e anotar as transações apenas depois de receber ou pagar o valor referente, evitando anotações equivocadas. 

Lembre-se que é essencial informar até mesmo aqueles gastos e ganhos considerados “banais” por alguns profissionais, como a compra de folhas de ofício ou balinhas para a recepção. Qualquer dinheiro que entre ou saia do caixa, independente do valor, deve ser anotado.  

Além disso, é importante adotar um formato que melhor se encaixe na realidade do consultório odontológico. Muitos profissionais optam pelo uso de planilhas de papel, outros preferem planilhas de Excel. Independente de qual seja a escolha, o importante é fazer os registros de forma correta e sem esquecimentos. 

Outra dica é guardar todos os documentos referentes às saídas, como comprovantes de depósitos e recibos. Eles podem ser arquivados fisicamente ou de forma digitalizada e é importante mantê-los por no mínimo dois anos. Em alguns casos, cinco anos é o tempo indicado. 

Diferença de livro-caixa e fluxo de caixa

Bom, agora que você já sabe para que serve e como preencher um livro-caixa, é importante saber também que ele é diferente do fluxo de caixa. É comum haver o entendimento de que os dois representam a mesma coisa, porém, na realidade, um é diferente do outro. 

Enquanto o livro-caixa registra as entradas e saídas do negócio, o fluxo de caixa refere-se a todas as transações financeiras realizadas, que vão além das entradas e saídas. Entre essas transações estão financiamentos, atividades operacionais, investimentos, entre outras ações realizadas pela empresa. O principal objetivo do fluxo de caixa é prever o futuro, oferecendo uma visão geral do negócio na atualidade. 

Evite prejuízo com glosas

Assim, ter um gerenciamento do fluxo de caixa no consultório odontológico é essencial para garantir, por exemplo, que possíveis quedas de faturamento, quando ocorridas, não sejam tratadas com surpresa ao fim do mês, pois já estava previsto que poderiam acontecer. 

Além disso, manter o controle do fluxo de caixa favorece o pagamento de contas. Ou seja, é possível controlar os prazos de cada dívida e evitar atrasos. 

Mas para utilizar o fluxo de caixa do consultório de forma inteligente e simples, é importante que ele esteja vinculado a um software para consultórios odontológicos. Dessa forma, é possível, de forma facilitada e ágil, controlar toda a movimentação de capital (entrada e saída) da empresa, a fim de organizar os gastos do negócio e criar uma base de dados para uma administração financeira com mais segurança.

Como você pode perceber, o fluxo de caixa é uma funcionalidade que vai além do livro-caixa, oferecendo um suporte completo para acompanhar toda a saúde financeira da empresa, de forma mais ampla. 

Mas, lembre-se que mesmo utilizando essa ferramenta, tão simples e essencial, é importante manter a organização. Um pequeno erro de cálculo pode ser fatal para as projeções futuras. Para evitar isso, confira o conteúdo: Finanças nas nuvens: conheça 8 erros cometidos no fluxo de caixa e aprenda a evitá-los.

E se você se interessou pelo fluxo de caixa e as vantagens dessa funcionalidade, que tal conhecer um software para consultórios odontológicos que oferece essa ferramenta e torna ainda mais fácil fazer os registros de entradas e saídas financeiras do seu negócio?

Então, conheça o Clínica nas Nuvens e todas as vantagens que ele oferece para o controle financeiro do seu consultório odontológico.

sistema para clínica
Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.