Compartilhar Inscreva-se
A saúde da sua clínica também precisa de cuidados!
  • Diminua 50% as faltas dos pacientes.
  • Economize 40% no tempo de suas secretárias.
  • Facilite 100% seu dia.
Gostou desse conteúdo?

Junte-se a nossa lista de 10.500 profissionais da saúde e receba em primeira mão conteúdos exclusivos, eBooks e dicas de gestão.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.

8 problemas que um software para clínica médica ajuda a resolver

8 problemas que um software para clínica médica ajuda a resolver

Os avanços tecnológicos na área da saúde trazem inúmeros benefícios não só para os pacientes, mas também para os profissionais. Esse cenário fica evidente quando um software para clínicas é utilizado, visto que ele descomplica os processos e ajuda a resolver problemas de forma rápida.

Além disso, esse tipo de tecnologia propicia aos funcionários o total foco no paciente, uma vez que a administração, a contabilidade e a organização se tornam mais simples. Ou seja, não há perda de tempo.

Neste post, apresentamos alguns problemas que um software para clínicas pode ajudar a resolver. Confira!

1. Erros na marcação de consulta e tempo de espera longo

Imagine um cenário em que o paciente chega até o local de atendimento conforme agendamento e procura a recepção. Nesse momento, a secretária informa que a pessoa não pode ser atendida, visto que a sua marcação de consulta foi feita no dia errado e não há vaga para aquele horário. Esse é um grande problema, e o paciente acaba muito insatisfeito.

Além disso, esperar um longo tempo para ser atendido é outro fator que gera insatisfação no paciente. Esses problemas podem ser resolvidos com uma medida simples: uso da agenda eletrônica do software. Essa funcionalidade permite que o dia a dia médico seja organizado da melhor forma, evitando erros e atrasos no processo.

2. Perda de prontuários

O prontuário é essencial para acompanhar a evolução do paciente. Sendo assim, é imprescindível ele esteja presente no momento da consulta. Em clínicas e consultórios que ainda usam prontuários de papel, é comum que haja muita dificuldade para achar os documentos ou até que eles se percam, especialmente por conta do grande volume de pacientes.

O software para clínicas também pode ajudar nesse ponto, pois permite a confecção de um prontuário eletrônico. Assim, o histórico de quem se consulta pode ser acessado de qualquer lugar, uma vez que fica salvo na nuvem.

3. Dificuldades na gestão da clínica

Muitos profissionais são, além de médicos, gestores de suas clínicas e consultórios. Dessa forma, além de coordenar o atendimento aos pacientes, é preciso se preocupar com os aspectos financeiros, de gestão de pessoal, do marketing etc.

Ter um software médico é uma ótima ferramenta para potencializar a gestão. Afinal, todos os processos são integrados em um só lugar. Além de guardar as informações da pessoa e realizar o agendamento de consultas, o recurso é útil para gerar relatórios, atuar em conformidade com as exigências legais, fazer a gestão de estoque e outras ações imprescindíveis para o bom funcionamento da clínica.

4. Baixa organização de processos

O atendimento dentro do consultório, como deu para ver, não é a única tarefa de um profissional da clínica. É preciso gerar recibos e notas fiscais, enviar solicitações de TISS e TUSS, elaborar a folha de pagamento e muito mais. Como resultado, a desorganização pode se tornar uma constante no ambiente.

Já ao recorrer a um software, é possível lidar com a situação. Por meio da ferramenta, todas as informações ficam organizadas, e é fácil elaborar fluxos de trabalho. Muitas tarefas, inclusive, só exigem alguns cliques para que sejam finalizadas. Para melhorar, dá para acessá-las de qualquer lugar, o que faz com que você sempre se mantenha por dentro do que está acontecendo.

Todos esses aspectos trazem eficiência e ainda permitem a automação de certas etapas. Com menos erros, há máxima produtividade e otimização da atuação.

O Clínica nas Nuvens pode facilitar seu dia a dia. Solicite uma demonstração

5. Falta de integração de serviços

Mais que apenas centralizar os dados, o software para clínicas ajuda a integrar essas informações. É possível, por exemplo, fazer um fluxo de caixa automatizado. Em vez de lançar cada movimentação, tudo estará pronto ao final do dia. Também é viável armazenar automaticamente recibos, conectar dados dos pacientes e até fazer a confirmação por e-mail ou mensagem.

Essa integração é importante porque um dos problemas é, justamente, ter muitas informações valiosas, mas que ficam perdidas e isoladas. Assim, dá para ter uma visão clara do negócio e reconhecer quais são os pontos que exigem atenção especial.

6. Comunicação interna precária

Em uma clínica, a gestão de pessoas tem grande importância. Pense em um local em que vários especialistas realizam atendimento, cada um em sua área. Se eles não se comunicarem sobre valores, documentos e outras questões, as chances de erros são grandes. Afinal, alguém pode incluir a mesma informação duas vezes ou até ignorar um relatório importante.

Mesmo quem trabalha de forma individual precisa falar com a secretária ou recepcionista, por exemplo. Do contrário, o desempenho de tarefas não acontece do jeito certo.

Com o software para clínicas, tudo está em um só lugar, e as pessoas autorizadas podem acessar os dados em questão. Isso facilita a colaboração, evita ruídos de comunicação e permite que a clínica funcione de um jeito muito melhor.

7. Falta de segurança

As informações médicas são sigilosas e pessoais. Sendo assim, elas devem ser mantidas em segurança. Esse é um dos grandes problemas da clínica, visto que a forma de guardar os dados, comumente, é precária e frágil. Afinal, simplesmente armazenar os arquivos em um ficheiro em uma sala ou em pastas no computador causa essa fragilidade.

O interessante é que o software também atua nesse aspecto. Todas as informações interligadas são protegidas com segurança máxima. Além da criptografia, é possível limitar o acesso a certos dados. Desse jeito, nada é visto por pessoas não autorizadas.

8. Tomada de decisão ruim

Durante o funcionamento de uma clínica, são tomadas algumas decisões cruciais para o empreendimento. É preciso definir se é o momento de fazer uma nova campanha de marketing, se é recomendado investir em novos equipamentos ou se mais pessoas devem ser incluídas na equipe.

Muitas das escolhas, inclusive, têm a ver com o crescimento e o futuro do estabelecimento. Erros nesse momento, portanto, podem comprometer os bons resultados e até a continuidade. O problema é que muitos profissionais ainda tomam decisões baseadas na própria percepção, em vez de pensarem em números.

Com o software, isso é solucionado. É fácil gerar balanços financeiros, relatórios gerenciais e análises. Na prática, é uma ferramenta para elaborar informações que levam a uma tomada de decisão melhor e mais acertada.

Viu como um software para clínicas pode facilitar o dia a dia no seu consultório? São diversas as vantagens que esse tipo de sistema traz ao seu negócio, inclusive aumentando a autoridade da marca, uma vez que mostra aos pacientes que o estabelecimento se mantém a par das novidades tecnológicas.

Quer saber ainda mais sobre o tema? Entre em contato e descubra como um software para clínicas pode facilitar o seu trabalho e o de seus funcionários!

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.