Compartilhar Inscreva-se

Pré-consulta: como fazer o melhor uso dela

Pré-consulta: como fazer o melhor uso dela

O atendimento médico de qualidade depende de muitas variáveis para acontecer da maneira correta, e isso inclui a pré-consulta. O médico precisa ter total conhecimento dos principais conceitos e tratamentos no campo da medicina, ter muita facilidade para lidar com pessoas diferentes e, especialmente, deve se preparar para atender cada paciente que chega em seu consultório.

É por causa desses cuidados que o momento da pré-consulta é tão importante para este profissional. Você sabe com o que se preocupar no momento da pré-consulta, a fim de garantir a satisfação do seu paciente e a qualidade do seu serviço? Confira nosso post sobre o assunto. Boa leitura!

Organizar corretamente os equipamentos

O primeiro cuidado que todo bom médico deve ter no momento da pré-consulta é se organizar para a chegada do paciente. Isso significa colocar em ordem todos os equipamentos que serão necessários para esse atendimento, não somente para otimizar a duração da consulta, como também para não deixar o paciente esperando enquanto você procura algo essencial para examiná-lo.

Por isso, separe estetoscópios, termômetros, luvas, esfigmomanômetros e quaisquer outros materiais que você considere indispensáveis para você avaliar seu paciente por completo durante a consulta.

Conferir o histórico do paciente

Depois de organizar os equipamentos e materiais necessários para o atendimento, é hora de tirar um tempinho para estudar o caso do paciente que vai entrar na sua sala, afinal de contas, nenhum profissional é capaz de se lembrar de absolutamente tudo que foi tratado com seu paciente na consulta anterior.

Dessa forma, visite o histórico clínico, veja os tratamentos que você já realizou, avalie exames antigos e fique atento quanto a evolução e acompanhamento desse paciente. Para isso, contar com um bom software de gestão pode te ajudar a tornar essa tarefa ainda mais fácil, visto que os dados de todos os pacientes estão a apenas alguns cliques do seu acesso.

Dessa forma, utilizando essa ferramenta tecnológica, não será preciso perder minutos procurando em pastas e papéis até encontrar o prontuário do paciente em específico. É muito mais facilidade para o seu dia a dia.

E no caso do paciente estar indo até a clínica para uma primeira consulta, prepare-se para a primeira anamnese, saiba o que pretende perguntar com antecedência e como vai fazer para explorar ao máximo aquele momento com ele, para depois propor um tratamento.

Confira os exame que foram solicitados

Enquanto você estuda o caso clínico do paciente, aproveite para lembrar se você pediu a ele que realizasse algum exame para ser entregue na próxima consulta. Se sim, organize-se para pedí-lo logo no início do atendimento, para não correr o risco de deixar isso para depois e acabar esquecendo.

Geralmente estas coisas acontecem quando o paciente troca de médico. Exames que foram solicitados por outro profissional ou não são trazidos para a consulta ou já foram descartados. Isso acaba gerando pedido de exames que o paciente já fez e quem sabe nem lembra. Mas, também pode acontecer do mesmo médico pedir exames e esquecer de olhar na consulta posterior, visto que são muitos pacientes para atender.

Por isso é importante que você tenha tudo anotado e devidamente organizado. Quando o cliente chegar, a primeira coisa que você deve fazer é olhar os exames que foram pedidos.

Tire todas as dúvidas do paciente

O paciente lhe fez algum questionamento que você não soube responder na última consulta? Aproveite o momento de pré-consulta para pesquisar e buscar todas as respostas que você ficou “devendo” para ele no último encontro.

As pessoas precisam sentir que o profissional escolhido está preparado para lhes responder o que pedem, suas dores, seus sintomas, suas queixas, só podem ser sanadas com a colaboração de um médico, de um especialista no assunto. É elementar que você esteja preparado para tirar as dúvidas dos seus pacientes.

Obviamente, você não tem a obrigação de saber tudo, e, por isso mesmo, deve utilizar os recursos que lhe são possíveis. Hoje, com a internet cada vez mais acessível, se torna fácil fazer uma consulta rápida e de qualidade no Google, por exemplo, caso você não tenha certeza do questionamento que deve ser elucidado.

E mais, é importante que você faça uso de tecnologias para lhe auxiliarem em todas as áreas do seu ambiente profissional. Com um software de gestão que integre todos os setores da sua clínica, tudo vai ficar mais fácil e dinâmico. Os arquivos e exames armazenados na nuvem, podem ser rapidamente acessados, com total segurança e praticidade.

Higienize corretamente sua sala

O último passo que deve ser tomado para você poder receber seu paciente sem nenhuma preocupação é organizar e higienizar sua sala, especialmente se você atendeu outro paciente alguns minutos antes.

Troque os materiais descartáveis utilizados em outros pacientes, passe um pouco de álcool 70% nos equipamentos e na maca e deixe tudo organizadinho para a chegada do próximo. Temos certeza de que seu paciente valoriza bastante esse cuidado!

Essas são apenas algumas dicas do que você pode fazer no momento de pré-consulta para garantir um bom atendimento ao seu paciente.

Gostou do nosso conteúdo, então compartilhe, comente suas experiências e siga-nos nas redes sociais!

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.