Compartilhar Inscreva-se

Clínica parada? Saiba como identificar alguns problemas no atendimento!

Clínica parada? Saiba como identificar alguns problemas no atendimento!

O atendimento na área da saúde deve passar por um processo constante de atualização e mudanças que visam ao bem-estar do cliente, além de evitar que você tenha uma clínica parada, com pouca movimentação de pacientes.

Veja na sequência alguns critérios importantes que podem ser avaliados, a fim de manter o padrão de qualidade no atendimento e verificar como vai o andamento de toda a estrutura da clínica.

Seu público-alvo

É preciso estar sempre com o olhar voltado para seu público-alvo, ou seja, seus pacientes, e buscar atender da melhor maneira possível, desde o primeiro contato com a clínica ou consultório, passando pelos tratamentos, possíveis procedimentos, até o momento em que passe a não frequenta mais o ambiente, por exemplo.

Isso significa que o atendimento não se dá apenas na chegada do paciente, mas em todas as fases de seu tratamento. Uma clínica ou consultório com poucos pacientes pode ter como motivo um atendimento mal feito ou executado com má vontade. O Paciente que não é bem atendido, não vai retornar mais. Tratar as pessoas da melhor maneira possível é elementar para que um negócio prospere.

Agendamento

Muitas vezes, o agendamento da consulta é o primeiro contato que o paciente terá com os profissionais da clínica. Por isso, manter a qualidade neste curto espaço de tempo é essencial para a conquista do cliente.

Você recebe muitas ligações, mas a agenda de consultas está vazia e a clínica sem pacientes? Tome cuidado! A forma como o atendimento inicial é feito pode ser um dos motivos para as cadeiras estarem desocupadas durante o dia!

Além disso, fazer um bom gerenciamento do tempo e da agenda é crucial. Neste momento é necessário também entender o quanto de demanda a clínica suporta: a espera de um mês para uma consulta de um paciente que precisa de acompanhamento frequente pode fazer com que ele saia da clínica ou seja prejudicado no atendimento.

Veja outros pontos cruciais que merecem atenção para minimizar o efeito “clínica parada”:

  • Controle a agenda, marcando e remarcando consultas sempre que necessário;
  • Limite-se à capacidade máxima de pacientes frequentes e consultas únicas com o retorno;
  • Esteja atento para não confundir horários, especialmente com pacientes que moram longe do consultório e em outras cidades;
  • Desmarque consultas com antecedência e explique o motivo, além de já ter preparado, no mínimo, três novas possíveis datas e horários para remarcar.

Sala de Espera

Tão importante quanto um bom atendimento é o ambiente de espera antes da consulta, que pode acalmar ou gerar desconforto aos seu paciente, principalmente se já estiverem estressados por alguma outra razão.

Por mais que o ideal seja evitar os atrasos entre as consultas, às vezes é inevitável, por isso, tornar a sala de espera atrativa, confortável e relaxante fará com que o nível de estresse do paciente diminua. Veja algumas dicas:

  • Café, chá, água e biscoitos disponíveis;
  • Decoração clara e agradável, com pinturas e enfeites;
  • Música ambiente suave;
  • Revistas e livros;
  • Jogos para os pequenos e os adultos, tais como quebra-cabeças, cubos mágicos e damas;
  • Cadeiras confortáveis.

As consultas são individuais, mas é comum que o paciente leve um acompanhante e, em alguns casos, até a família toda. Ter assentos suficientes para todos é de extrema importância, especialmente se ocorrerem atrasos.

Economize 40% no tempo de suas secretárias. Conheça os recursos para a gestão da clínica. Solicite uma demonstração

Humanização

Dentre todos os processos, a forma como o paciente é tratado refletirá diretamente na sua decisão em continuar sendo atendindo na sua clínica ou buscar outros profissionais. É preciso compreender as dores das pessoas, seus medos, seus problemas, e saber como atender com carinho, respeito e todo o cuidado, é a chave para o sucesso da clínica.

Se você tem um bom sistema de agendamento, o ambiente é confortável, os profissionais são qualificados, mas mesmo assim percebe sua clínica com poucos pacientes, invista seu tempo e energia na humanização do seu espaço, ou seja, na preocupação com o bem-estar do paciente em todos os aspectos.

Estamos vivendo tempos de distanciamento, seja por questões sanitárias, seja por advendo da tecnlogia que, se por um lado ajuda e muito em tratamentos e tantas outras questões, também pode proporcionar mais solidão. Por isso, quanto mais próximo você for dos seus pacientes, mais as pessoas vão se sentir acolhidas e, consequentemente, satisfeitas com seu trabalho.

Coloque-se no lugar do paciente

Um outro ponto relevante e que se conecta diretamente com o que foi exposto no ítem anterior é: para que você não tenha uma clínica com pouca movimentação, coloque-se no lugar do paciente, no sentido ter empatia, compaixão. Este é mais um passo importante para a busca do sucesso no seu negócio.

Você pode simular a jornada do paciente na sua clínica. Caminhe pelo consultório, sente-se nas cadeiras e aguarde. Use as dependências e simule um atendimento padrão com os profissionais. Tudo isso gera valor e aprimora a visão sobre o espaço e as formas de melhorá-lo.

Agora que você tem informações importantes para melhorar o dia a dia na sua clínica médica ou consultório, aplique nossas dicas e busque a evolução no seu ambiente de trabalho.

E para mais conteúdos como esse, assine nossa newsletter! Se você gostou do nosso conteúdo, comente, compartilhe e siga o Clínica nas Nuvens nas redes sociais.

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.