Saúde 4.0: qual o impacto da tecnologia na melhoria da saúde?

Baixar o e-book
Sistema online completo
para clínicas e consultórios
jan 30
Meios de pagamento para clínica: o que considerar na escolha?

Meios de pagamento para clínica: o que considerar na escolha?

Entregar variabilidade de opções aos clientes é sempre uma medida muito importante. Especialmente quando o assunto se refere às formas de pagamento. Quando há diferentes meios de pagar, isso facilita sobremaneira a contratação dos serviços. Afinal, é um péssimo negócio correr o risco de inadimplência ou deixar de receber de um comprador/paciente de forma imediata por não aceitar cartão de crédito, por exemplo.

Então, quais seriam os meios de pagamento para clínica que você deve considerar? Como escolher as soluções mais adequadas? É justamente sobre esse assunto que falaremos nesse post. Continue a leitura e tire essas e outras dúvidas!

Analise a antecipação de recebíveis

O primeiro ponto a considerar na hora de escolher os meios de pagamento para clínica é a antecipação de recebíveis. É esse aspecto que transforma em caixa disponível todo o dinheiro que seria recebido no futuro. Isso porque as instituições financeiras assumem a responsabilidade pelo recebimento dos valores em questão.

Apesar de prevenir surpresas desagradáveis, esse benefício exibe taxas de juros que são cobradas por aquelas instituições que adiantam para você os valores. Por isso, é fundamental fazer uma boa análise desses encargos e calcular as demais tarifas, a fim de saber se essa estratégia é mesmo válida para a sua clínica.

Atente para o suporte aos meios de pagamento para clínica

Ter um suporte apropriado para a solução que você pretende implementar no consultório é fundamental. Qualquer problema que a empresa ou os clientes/pacientes tiverem poderá demandar alguma ajuda ou um tipo especial de atendimento.

Sem o auxílio de um suporte de qualidade, o meio de pagamento escolhido pode gerar muita dor de cabeça para a administração da sua clínica, em vez de ser um facilitador. Certifique-se da existência desse canal de comunicação e acerca da sua efetividade, de forma a evitar desentendimentos e problemas futuros.

As vantagens do cartão de crédito

O cartão de crédito é, de fato, um dos meios de pagamento mais utilizados no país — é também o mais seguro. Aceitar esse recurso é uma maneira de evitar ou ao menos diminuir fortemente o índice de inadimplência.

Os cartões são formas práticas de pagamento. Uma vez que muitas pessoas evitam levar quantias em dinheiro na bolsa ou na carteira para não ficarem à mercê dos riscos de assaltos ou perder cédulas na rua.

Um cartão de crédito possibilita aos envolvidos um maior controle financeiro, além de trazer a certeza do recebimento. Também é importante considerar que as opções de compras parceladas atraem muito o interesse das pessoas e isso facilita bastante o pagamento de serviços de valor mais elevado — o que pode acontecer nos consultórios e clínicas.

Ainda que as maquininhas de cartão apresentem a cobrança de taxas aos estabelecimentos, vale muito a pena eleger o cartão de crédito como um dos meios de pagamento para clínica.

Escolher os meios de pagamento para clínica com atenção é uma medida fundamental, se você quer promover a quitação das dívidas de seus pacientes e assegurar que o fluxo financeiro seja contínuo. Também é uma estratégia de ampla vantagem competitiva no mercado, que lida diretamente com os níveis de satisfação dos seus clientes.

Portanto, é hora de sair na frente e pensar bem nos meios que vai selecionar para que seus clientes paguem por seus serviços em dia.

O que achou de conhecer mais sobre este assunto? Que tal continuar se informando e saber mais sobre por que disponibilizar pagamento via cartão de crédito na sua clínica ou consultório?

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.