Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Saúde financeira da clínica: como controlar os orçamentos do consultório?

Saúde financeira da clínica: como controlar os orçamentos do consultório?

O dia a dia de uma secretária médica costuma ser bastante agitado. A rotina se divide entre marcar consultas, recepcionar pacientes, organizar o consultório, auxiliar o médico, monitorar o estoque de materiais e, muitas vezes, controlar o setor financeiro.

Entre todas as tarefas, a última listada aqui merece uma atenção especial. Isso porque, assim como todo empresário, médicos também dependem de um consultório e uma clínica rentável para manter as atividades em funcionamento.

Administrar a parte financeira não é das tarefas mais fáceis, afinal há muita coisa envolvida; pagar fornecedores, receber de pacientes, comprar materiais e ainda prestar conta de tudo isso. Mas, entre todas as funções, uma delas é primordial no setor financeiro: o controle de orçamentos.

Por que?

Controlar os orçamentos significa administrar os gastos do consultório. É através deles que você irá monitorar os valores a serem pagos por determinados produtos e/ou serviços. Eles garantem uma visão geral sobre os preços praticados pelo mercado para buscar a melhor opção.

Nem sempre, é claro, o que é mais barato é mais vantajoso, mas com orçamentos em mãos é possível analisar o custo x benefício de cada serviço que precisa ser terceirizado pelo consultório. A atividade pode parecer irrelevante, mas garante mais eficiência e economia.

Como fazer?

Em muitas clínicas, a prática de solicitar orçamentos vai sendo deixada de lado com o passar do tempo. Encontrar um fornecedor de qualidade e confiança, que lhe atenda todos os meses é, sem sombra de dúvidas, uma boa alternativa, mas ter a certeza de que você não está pagando nada a mais por isso é fundamental.

Dessa forma, sempre que precisar realizar algum tipo de compra ou contratação de serviço busque conhecer as opções e os preços oferecidos por cada empresa. Depois, repasse ao médico e, se possível, discutam juntos a melhor alternativa.

Além disso, outra dica importante é solicitar o orçamento através de um documento que possa ser arquivado por você. Isso ajuda no controle de gastos internos e também evita transtornos desnecessários na hora de pagar os valores, por exemplo.

Gostou desse post? Então, confira também: 4 perguntas para avaliar a saúde financeira da sua clínica.

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *