Compartilhar Inscreva-se

5 dicas valiosas para médicos em início de carreira

5 dicas valiosas para médicos em início de carreira

A tão sonhada carreira na área médica possui um longo caminho a ser percorrido. São anos de estudo, dedicação, estágios e residência até receber o diploma e estar habilitado a cuidar da saúde de outras pessoas. Porém, ser um médico em início de carreira não é nada fácil.

As dificuldades e os obstáculos enfrentados pelo médico durante esse percurso são muitos e não terminam junto do curso de graduação, muito pelo contrário. Pensando nisso, criamos um texto com cinco dicas importantes para médicos no início da profissão. Acompanhe!

O início é complicado, mas vale a pena

Após a conclusão dos estudos e o ingresso no mercado, os desafios ficam mais intensos, e a jornada para iniciar uma carreira de sucesso requer o dobro de esforço e dedicação.

Se você acabou de ingressar no mercado de trabalho, tenha calma. Essa etapa é difícil para todos. Além disso, pense que essa fase não tem só problemas: as experiências proporcionam momentos marcantes e boas lembranças. Entenda melhor com a sequência do texto!

1 – Conheça os pacientes

O profissional em início de carreira precisa conhecer, questionar e compreender os pacientes. Claro que essa tarefa não é fácil. Geralmente, essa percepção demanda anos de prática e experiência. No entanto, é um princípio importante para prestar um bom atendimento.

Sendo assim, antes de sair perguntando qual é o problema do paciente, que tal apostar em uma conversa mais informal? Isso permite que você conheça o estilo de vida, o grau de instrução e até a história do paciente para poder ajudá-lo da melhor forma possível.

Entenda que cada paciente possui uma personalidade e um modo de dialogar. Alguns são mais falantes, enquanto outros mais introspectivos. Alguns falam dos problemas com mais detalhes, enquanto outros se sentem menos confortáveis em fazer isso.

Sabendo disso, é importante descobrir qual é a melhor maneira de abordar cada pessoa e o que fazer para deixá-la mais à vontade durante a consulta.

Com o tempo, as coisas ficam mais fáceis, mas é importante prestar atenção nos detalhes. Lembre-se que essa é uma maneira de tornar o atendimento mais humanizado e, consequentemente, fazer com que a fidelização ocorra de maneira natural.

Relacionamento com o paciente

2 – Tenha o melhor relacionamento com os pacientes

Por ser um médico recém-formado, que está começando a construir a carreira agora, certamente, você não quer adquirir fama de mal-humorado, estressado ou impaciente.

Por isso, é a primeira regra ter um bom relacionamento com os pacientes e os profissionais da clínica ou do consultório. Afinal, ninguém gosta de gente estúpida e de cara fechada.

Ofereça momentos de atenção, saiba ouvir e conversar de forma clara e amigável, sem forçar a barra, é claro, já que a primeira impressão é a que fica. O importante é manter o clima leve e descontraído.

Além disso, conheça e respeite a personalidade de cada paciente. A maioria das pessoas idosas gosta de conversar e falar sobre assuntos que vão além da relação entre médico e paciente. Então, dê atenção!

Não é raro que médico em início de carreira tende a querer resolver tudo o mais rápido possível, correndo, acelerando processos e deixando os pacientes com pouco espaço para falar. Isso não ajuda em nada porque as pessoas querem atenção! 

Portanto, mostre-se atento ao que as pessoas têm a dizer e seja ativo nas conversas. Isso demonstra que você se importa, uma maneira de ajudar na fidelização desses pacientes. Agindo assim, você vai melhorar muito seu atendimento

No caso de crianças que possam ter medo de clínicas e consultórios, por exemplo, vale a pena incluir itens do mundo infantil nas conversas para deixá-las mais seguras. Personagens de desenhos, jogos de videogame e outros assuntos que fazem parte desse universo podem ser temas estratégicos durante o atendimento aos pequenos.

guia gestão financeira para médicos

3 – Aproveite o conhecimento dos colegas de profissão

Estágios e residências são ótimas oportunidades para você, que é um médico em início de carreira, conquistar ainda mais conhecimento. As rotinas incluem contato direto com outros médicos, e cabe a você utilizá-las a seu favor.

Aproveite essas oportunidades para trocar conhecimento e esclarecer dúvidas com seus colegas de profissão. Diante de um problema, não hesite em perguntar, afinal, o período é de muito aprendizado, e você só tem a ganhar com isso.

Com certeza, a troca de opiniões, conhecimentos e ideias contribuirá muito para sua formação profissional.

4 – Busque atualização constante

Vida de médico recém-formado não é fácil, mas é preciso estar atualizado. Isso traz novas oportunidades para o mercado de trabalho e faz toda a diferença na área de Medicina.

Com um número cada vez maior de médicos surgindo, invista em cursos, palestras e congressos para obter novos conhecimentos e se destacar profissionalmente. 

Quanto mais conhecimento você obtiver, mais fácil fica encarar a profissão, fazer diagnósticos e indicar tratamentos certos para os pacientes. Além disso, você conquista o respeito e o reconhecimento dos colegas. 

O trabalho do médico recém-formado passa por acompanhar estudos publicados, ler artigos de profissionais renomados, procurar conteúdos noticiosos sobre a ciência e as descobertas.

Utilize as redes sociais como fonte de informação, acompanhando profissionais da saúde e páginas relacionadas à área da Medicina. Isso também ajuda na hora de se informar e adquirir novos conhecimentos.

5 – Não deixe a vida pessoal de lado

(foto) https://www.istockphoto.com/br/foto/visita-domiciliar-gm624894152-109933233

Mesmo sendo um profissional recém-formado em Medicina, isso não significa que você deve manter dedicação única e exclusiva para o trabalho. 

A sua vida pessoal também deve ser valorizada. Você precisa dar a mesma atenção que entrega para a vida profissional. Por isso, tenha uma rotina organizada e reserve tempo para descansar e aproveitar com a família e amigos.

No início, enquanto for um médico em início de carreira, isso pode não fazer tanta diferença, mas, com certeza, depois de um certo tempo de profissão, você vai sentir falta dos anos “doados” inteiramente ao trabalho.

Lembre-se que dedicar tempo para lazer e socialização com amigos e familiares é importante até para sua saúde. É uma maneira de relaxar e de se sentir próximo de quem ama.

Sistema para clínica

Conheça o Clínica nas Nuvens

Esta pode ser considerada uma sexta dica, curta e direta, mas muito valiosa para quem está começando. Se, desde o início, você, que pretende ter sua clínica ou seu consultório médico, investir em um software de gestão, já sai na frente!

O Clínica nas Nuvens é um software completo para gestão de clínicas e consultórios médicos, estéticos e odontológicos. Ele tem a capacidade de mudar sua vida como gestor e fazer você lucrar muito mais.

Com ele, você integra todos os setores da clínica na nuvem, pois ele é 100% on-line. Assim, você simplifica o dia a dia de trabalho, trazendo mais conforto e tranquilidade para profissionais, pacientes e todos os envolvidos. Vale a pena conhecer!

Fique por dentro de outros assuntos

E aí, gostou do nosso post sobre médico em início de carreira? Então, compartilhe suas experiências com a gente nos comentários! Siga-nos nas redes sociais e, se preferir, assine nossa newsletter para receber conteúdos “quentinhos” sobre a área da saúde sempre que postarmos.

Sistema de gestão para clínicas
Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.