Compartilhar Inscreva-se

4 novas descobertas da medicina para acompanhar

4 novas descobertas da medicina para acompanhar

As descobertas da medicina são grandes responsáveis pelo contínuo aumento da expectativa de vida. Graças às novidades do setor é possível ter maior cuidado com o organismo, proteção contra diversos quadros e um nível elevado de segurança. De tratamentos e técnicas a ferramentas, não faltam opções.

Com o avanço da tecnologia, há ainda mais tendências nesse sentido. Em constante evolução, prometem transformar a atenção à saúde e os resultados. Então, é essencial que os profissionais fiquem por dentro para que possam se adaptar.

Neste post, veja 4 novas descobertas na medicina e compreenda por que elas merecem a sua atenção!

1. Mapeamento genético

Um dos grandes avanços no cuidado com a saúde foi o sequenciamento de DNA. Foi na década de 1970 que os pesquisadores começaram a entender melhor a composição fundamental dos seres humanos e de todas suas características.

Com o desenvolvimento da indústria, foi possível chegar ao mapeamento genético. O método consiste em identificar os genes e as suas posições em cromossomos.

Graças a isso, dá para reconhecer causas de doenças, correlações entre condições e até a propensão de um indivíduo a certo quadro. Não se trata de um exame laboratorial comum, e sim de um entendimento completo sobre as condições de saúde.

Com o avanço da tecnologia, há como esperar um aprofundamento no assunto e até desenvolver tratamentos ao nível celular.

2. Telemedicina

A telemedicina é um importante avanço e consiste em realizar consultas e atendimentos mesmo à distância. Com a internet, por exemplo, os pacientes podem fazer chamadas de vídeo com os médicos, que executam uma avaliação preliminar básica.

Trata-se de uma das descobertas da medicina em busca de mais eficiência, economia e praticidade. O paciente não precisa se deslocar e tem conveniência, enquanto o médico não sofre com atrasos ou com a necessidade de manter uma estrutura muito grande.

Como novos recursos de segurança, é uma possibilidade adequada e que pode garantir total proteção digital.

3. Utilização da inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) usa o aprendizado de máquina (ou machine learning) para que os dispositivos tomem decisões autônomas. O uso já tem sido aplicado e isso se tornará cada vez mais intenso.

O próprio mapeamento genético pode ser lido com eficiência, o que permite tomar bons resultados. Também é possível usar o processo para emitir laudos e até recomendar tratamentos.

No gerenciamento de clínicas, o recurso pode ser utilizado para fazer um atendimento nas redes sociais ou para uma triagem de pacientes, por exemplo.

É um jeito de conseguir mais relevância e precisão, o que é bem-vindo na saúde. No futuro, há até a expectativa de processos autônomos, como robôs de operação ou sensores de detecção de doenças.

4. Prontuário eletrônico

Por falar em tecnologia, vale destacar o prontuário eletrônico como uma novidade a ser considerada. Esse documento reúne todas as informações sobre o paciente, suas consultas e exames. Em forma eletrônica, é vantajoso por vários sentidos.

Ainda, é compartilhado mais facilmente, o que simplifica a comunicação e o acesso. Também ajuda a diminuir o uso do papel e apresenta maior segurança de armazenamento e disponibilidade.

Com a escolha de um bom sistema de gerenciamento para clínicas, é possível aproveitar esse recurso e oferecer um atendimento ainda melhor para as pessoas.

As novas descobertas na medicina incluem desde a integração de tecnologia a procedimentos que facilitam o cotidiano. Com o uso adequado da cada uma, os pacientes e os profissionais podem se beneficiar dos resultados.

E já que esse é um dos pontos de destaque, aproveite para conhecer as vantagens de inteligência artificial na medicina.

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.