Compartilhar Inscreva-se

5 boas práticas na criação de orçamento para os seus pacientes

5 boas práticas na criação de orçamento para os seus pacientes

Para prestar um serviço de saúde de qualidade é preciso cuidar de todos os detalhes. O atendimento deve ser humanizado, assim como toda a gestão tem que ser planejada para favorecer a experiência. Após uma abordagem inicial e diante da necessidade de realizar procedimentos, surge a criação do orçamento para pacientes.

O documento visa especificar os custos de um tratamento, exame ou etapas de prevenção. Por mexer com o bolso das pessoas, é preciso que ele transmita segurança e seja claro em sua proposta, não deixando dúvidas aos pacientes. Ao saber como elaborar um orçamento, o relacionamento com o cliente é favorecido.

Para que não restem dúvidas sobre esse assunto, confira 5 práticas adequadas para a criação de orçamento para pacientes e evite erros.

1. Seja transparente quanto aos procedimentos realizados

O orçamento deve ser, principalmente, descritivo. Nem sempre as pessoas entendem ou se lembram do que é dito na consulta, então o registro nesse documento é essencial para melhorar a comunicação. Além disso, é algo que permite a avaliação completa pela parte interessada.

A principal recomendação é manter a transparência e especificar todos os procedimentos a serem realizados. Inclusive, vale apresentar cada etapa, como o processo de anestesia, a internação e assim por diante.

Entregar um orçamento incompleto pode ser interpretado de forma errada pelo paciente e, muitas vezes, atrapalhar na construção de uma relação. Quanto mais claro e completo o orçamento estiver, maiores são as chances de conquistar a confiança do paciente e de conseguir fidelizá-lo.

controle de repasses e cobranças na clínica

2. Demonstre cálculos e condições de pagamento

Depois de pontuar todas as etapas necessárias, a criação de orçamento deve incluir a somatória dos valores. Apresentar apenas um número final não é adequado, pois as pessoas não sabem o que corresponde a cada etapa. Em vez disso, demonstre os cálculos com o preço específico de cada passo.

Aproveite e explique quais são as condições de pagamento. Determine, por exemplo, se é possível incluir o valor no cartão e se ele pode ser parcelado. No caso da quitação à vista, esclareça se existe algum desconto especial. Assim, o paciente pode tomar uma decisão bem informada.

Da mesma forma, informe se a opção de parcelar no cartão de crédito, caso sua clínica ofereça essa alternativa, possui juros e de quanto seria esse valor.

É importante sempre mostrar mais de uma forma de pagamento possível ao cliente, tendo em vista que oferecer pagamentos mais facilitados podem ser o fator chave para que eles escolha a sua clínica ao invés da concorrência.

3. Exiba os resultados obtidos por outros pacientes

É comum que as pessoas tenham receios sobre a realização de procedimentos de saúde. Por isso, uma das dicas é apresentar bons resultados de outros pacientes juntamente ao orçamento.

Indique o problema sofrido por outro paciente, aponte quais foram as soluções escolhidas e o que foi obtido. Ao verificar que outras pessoas passaram pelo mesmo, o indivíduo pode se sentir mais seguro e propenso a realizar o que é proposto a partir dessa criação de orçamento.

Assim, se for possível e condizer com a especialidade da sua clínica, incluía boas fotos, que mostrem o resultado de forma nítida e real, sem utilização de efeitos ou recortes, por exemplo. Acrescente informações às imagens, como idade do paciente da foto, gênero (caso não fique claro) e resultados de antes e depois. Isso, ajudará o futuro paciente a ter mais clareza sobre como o procedimento pode beneficiá-lo, em comparação a outra pessoa que possui um perfil semelhante.

4. Demonstre empatia e interesse pelo paciente

O atendimento humanizado é fundamental em todos os cenários, mas é ainda mais essencial diante da necessidade de realizar procedimentos. Por isso, é recomendado caprichar na empatia e no interesse pelo paciente.

Demonstre que você se preocupa com o bem-estar dele e procure a melhor solução, inclusive quanto ao pagamento. Também aproveite para tirar todas as dúvidas e transmitir a confiança necessária para gerar resultados otimizados. Além disso, deixe claro que em qualquer dúvida posterior é possível voltar até a clínica ou entrar em contato por telefone, e-mail, WhatsApp ou outros canais que sua clínica disponibilize para isso.

Lembre-se que cada paciente possui uma personalidade e é importante saber como lidar com cada uma  para conquistar a confiança e fazer com que se sintam confortáveis, inclusive durante a realização de um orçamento.

5. Construa autoridade para a clínica

Quando a clínica tem autoridade, é natural que as pessoas confiem mais no local e nos profissionais, certo? Por isso, na hora de elaborar o orçamento, isso também deve ser levado em consideração. A apresentação de resultados reais anteriores é um exemplo de atuação voltada para construir autoridade.

A comunicação clara e a capacidade de tirar dúvidas são outros pontos essenciais. Assim, quem recebe esse documento tem todas as informações concretas de que precisa para fazer a escolha mais adequada ao seu caso.

A criação de orçamento para pacientes é uma etapa fundamental para a clínica e, também, para o próprio paciente. Ao executar essas práticas, o processo ocorre de modo seguro e transparente. E, além disso, traz vantagens a todos os envolvidos.

sistema para clínica

Se quiser mais dicas sobre esse e outros assuntos, curta a nossa página no Facebook e esteja sempre atualizado. E se gostou desse conteúdo, não deixe de compartilhá-lo com outras pessoas.

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

Ajudo a facilitar a rotina de nossos clientes, gerenciando o time que trabalha constantemente para simplificar a gestão de clínicas, consultórios e centros médicos pelo Brasil.