Compartilhar Inscreva-se

4 avanços da tecnologia na medicina que você precisa conhecer

4 avanços da tecnologia na medicina que você precisa conhecer

Praticidade, facilidade, produtividade… apenas algumas características que os adventos tecnológicos proporcionam aos mais diversos setores econômicos. Na área da saúde isso não é diferente, de modo que há grande impacto positivo dos avanços da tecnologia na medicina.

Os benefícios englobam toda a assistência em saúde, do ponto de vista do profissional, do paciente e até mesmo dos gestores de clínicas e hospitais. Sendo assim, seja para diagnóstico, tratamento ou administração de recursos, a tecnologia é essencial.

Pensando nisso, neste post, abordaremos 4 ferramentas que muito têm contribuído para a medicina e as diferentes partes envolvidas. Confira a seguir!

1. Telemedicina

A telemedicina é uma prática iniciada, mundialmente, no final do século XX. O Brasil acompanhou este avanço de modo que, em 2002, o Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou a primeira resolução sobre o tema.

Com os parâmetros devidamente estabelecidos, pode-se afirmar que a telemedicina utiliza recursos audiovisuais com o intuito de prestar melhor assistência, além de viabilizar a educação e a pesquisa na área da saúde.

O principal benefício da prática é a quebra de barreiras geográficas, de modo que a distância se torna um problema solucionado. Com isso, obtém-se, ainda, maior agilidade nos processos, além da redução de custos.

2. Inteligência artificial

Conceituar inteligência artificial não é uma tarefa fácil. Na verdade, uma das maneiras de caracterizar a prática é relacioná-la com a capacidade humana para resolução de algum tipo de problema.

Com o intuito de concretizar este objetivo, são elaborados algoritmos, que viabilizam a análise de dados. Portanto, mais importante que saber o que representa o dado, é estabelecer diferentes relações obtidas com o processamento deles.

Afinal, como isso contribui para a medicina? A análise de dados resulta na elaboração de probabilidades diagnósticas. Mas vale reforçar que isso não veio para substituir o laudo de um médico, e sim representar um sistema de apoio nas decisões clínicas.

3. Internet das Coisas (IoT)

Antes de falar especificamente sobre a Internet das Coisas, vamos apresentar uma inovação que vem ganhando cada vez mais espaço: os wearables. Como o próprio nome sugere, trata-se de dispositivos corporais.

Na prática médica, tais equipamentos são intimamente relacionados à possibilidade de obter, em tempo real, os dados vitais, o nível de glicemia, os parâmetros de eletrocardiograma e diversos outros valores.

Considerando que isso é detectado de maneira contínua, a Internet das Coisas surge no contexto de enviar as informações, seja para um profissional, seja para uma base de dados. Enfim, é um recurso fundamental para ajustar a assistência considerando todo o cotidiano do paciente, não apenas o momento da consulta.

4. Software de gestão para clínicas

O software de gestão representa um método de grande valia para a administração de um negócio em saúde. Em uma clínica, por exemplo, é fundamental que os processos estejam integrados e bem geridos.

O uso de um sistema viabiliza isso, centralizando as mais diversas informações em um único local, com devida organização, praticidade de acesso, segurança no armazenamento e garantia de maior produtividade.

Sendo assim, as vantagens contemplam os gestores, os profissionais da saúde e, até mesmo, os pacientes, que se deparam com a informatização, facilitando processos que antes eram sinônimo de dor de cabeça, como uma simples marcação de consulta.

O Clínica nas Nuvens pode facilitar seu dia a dia. Solicite uma demonstração

Diante de tantas possibilidades, é indubitável que os avanços da tecnologia na medicina sejam vistos de maneira positiva pela sociedade. No geral, eles garantem uma maior abrangência no cuidado com a saúde, além de se mostrarem seguros e precisos na assistência. Por fim, a automatização garante integração, agilidade, redução de custos e, ainda, uma maior produtividade para as clínicas e consultórios.

O conteúdo de tecnologias para a medicina foi útil? Então, que tal conhecer um software capaz de auxiliar no desenvolvimento do negócio? Entre em contato conosco e saiba como o Clínica nas Nuvens contribui para a gestão em saúde!

Compartilhe
André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.