Problemas com gestão? Conheça ferramentas para manter a sua clínica saudável e lucrativa!

Baixar
Sistema online completo
para clínicas e consultórios
ago 07
Entenda a importância da humanização no atendimento ao paciente

Entenda a importância da humanização no atendimento ao paciente

A Medicina e as demais áreas relacionadas à saúde humana encontram-se, atualmente, em uma era de ouro no tocante a avanços tecnológicos. Com imensas possibilidades e técnicas especializadas, os profissionais médicos, hoje, encaram as doenças com fervor científico. Porém, talvez na mesma medida, a área da saúde tornou-se fragmentada, e um de seus aspectos-chave vem sendo deixado para trás: a humanização no atendimento.

Veja como o contato sincero, ético e empático com o paciente precede qualquer técnica científica e por que a humanização é um elemento crucial para o sucesso de qualquer prática de saúde. Acompanhe a leitura!

O conceito de humanização no atendimento

A humanização nada mais é do que o relacionamento honesto entre o profissional de saúde e seu paciente. Esse contato é construído com respeito, empatia e carinho, focando as necessidades próprias do doente, que vão além de seus meros aspectos patológicos.

O médico deve ser capaz de sentir e lidar com os aspectos abstratos inerentes à condição humana, principalmente quando essa se encontra fragilizada pela doença e pela incerteza. Ao tratar com seu paciente, ele necessita de atenção verdadeira e de que suas dúvidas e desconfortos, por menos importantes que sejam em relação ao quadro técnico de sua patologia, tenham um atendimento com igual ou maior aplicação.

A avaliação dos resultados atuais

Apenas nota-se a humanização quando ela está ausente. O paciente é capaz de perceber imediatamente se seu cuidador o trata com respeito e atenção ou não. Por isso, avaliar o quão humanizados estão os serviços gerais de saúde não é tarefa fácil e exige uma delicada pesquisa, que lidará com termos absolutamente qualitativos.

Da mesma forma, é difícil ensinar ou testar essa capacidade nos alunos que aspiram a Medicina como profissão. A docência da área deve ter cuidado crítico com a questão ao formar seus profissionais, que levarão consigo as experiências de seu ensino pelo resto de suas vidas.

A importância para os tratamentos

Um paciente que se encontra desconfortável, duvidoso e que sente que está sendo tratado com indiferença terá muito mais resistência para aderir a qualquer tipo de tratamento e, em geral, o curso de sua doença e de sua condição psicológica será pior.

Por outro lado, quando a equipe trata o paciente com carinho e leva em conta suas questões individuais (condição familiar, particularidades socioculturais, medos, entre outras) consegue que ele abrace o tratamento oferecido com maior confiança e abertura, facilitando o desfecho positivo de sua doença.

O reconhecimento de oportunidades

A humanização no atendimento está no cerne da prática médica desde sua origem e é estimulada quando os profissionais encaram seus próprios medos, vícios e defeitos e incluem em sua vida a capacidade de refletir sobre os aspectos filosóficos, artísticos e abstratos da condição humana.

Para tanto, o ensino médico não pode priorizar ou só dar lugar à faceta técnico-científica da profissão e deve instigar nos alunos a vontade de compreender a vida humana como um todo. Só assim, as áreas da saúde voltarão a ser uma arte complexa e não apenas uma prática fria e puramente racional. Afinal, o ser humano não é totalmente racional; então, assim deve ser quem cuida da saúde do outro.

Os caminhos para a humanização no atendimento

Já que a humanização no atendimento é tão importante para o sucesso e para os bons resultados, o melhor é saber como colocá-la em prática. Algumas medidas simples garantem que o processo ocorra da forma ideal e gere bons impactos para pacientes e profissionais.

Para não ter dúvidas sobre o que fazer ou quais mudanças implementar, veja dicas para conquistar uma abordagem humanizada.

Crie o ambiente adequado

Quando uma pessoa chega à clínica médica ou odontológica, ela deve ser bem tratada desde o começo. Isso significa que o cuidado inicial é com o local. Garanta que a sala de espera seja ideal para comportar a todos e que ofereça conforto. Espaços climatizados, com cadeiras adequadas e até com som ambiente, tornam tudo melhor.

Também é essencial evitar atrasos, esperas excessivas ou confusões na ordem de atendimento. Contar com recursos, como um software de gestão, permite gerar senhas e favorece os encaixes. Dessa forma, os resultados são positivos.

Treine a equipe para o atendimento

Também é indispensável contar com um time plenamente capacitado para os relacionamentos interpessoais. O objetivo é que os profissionais estejam prontos para atender a pacientes, que, muitas vezes, estão em um momento frágil ou delicado.

O treinamento deve incluir como deve ser o contato e como garantir uma abordagem gentil e manter a cordialidade. Mesmo diante de pacientes insatisfeitos, os profissionais devem ser treinados para colocar a humanização no atendimento acima de todas as coisas. Desse jeito, é possível fortalecer esse elo.

Ofereça um contato personalizado

Do lado de dentro do consultório, é essencial que o contato seja inteiramente personalizado. Chamar o paciente pelo nome, por exemplo, ajuda a aproximar a relação e denota que ele tem importância. O mesmo vale para manter um prontuário completo, de modo a analisar as informações previamente e oferecer as melhores indicações desde o começo.

Novamente, a tecnologia pode ajudar. Um bom software permite manter todas as informações do paciente, desde dados de contato a prescrições e exames passados. Assim, o profissional consegue atendê-lo de forma exclusiva.

Tenha transparência quanto aos procedimentos

Diante da necessidade de executar qualquer procedimento, de um exame a uma cirurgia, é fundamental que o paciente seja informado — e tranquilizado, se for o caso. Ao deixar tudo claro desde o primeiro instante, é possível tirar dúvidas e dar as orientações necessárias.

Ao montar um orçamento, por exemplo, é essencial especificar os valores de cada item e a necessidade específica. Com explicações completas, o paciente se sentirá mais seguro e a humanização no atendimento será garantida.

Mantenha o relacionamento pós-consulta

Essa abordagem não deve acontecer somente dentro do ambiente do consultório. É importante que a pessoa se sinta apoiada em todos os instantes. Para isso, o ideal é estabelecer e fortalecer um relacionamento pós-consulta.

Para tanto, vale utilizar redes sociais e outras formas de contato, como e-mail, SMS e WhatsApp. Com um bom software, é possível gerenciar essa relação ao longo do tempo e até usar os recursos para lembrar consultas marcadas. Assim, a clínica se faz presente em todos os momentos para os pacientes.

O consenso é de que a humanização no atendimento deve ter lugar de ouro na abordagem para qualquer paciente. Ao saber como aplicá-la, a clínica sai na frente e conquista a satisfação das pessoas.

Gostou de nosso post? Deixe seu comentário ou dúvida aqui e participe da discussão!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

4 Comentários

  1. Priscila
    8 de julho de 2016 às 20:25 · Responder

    Ótimo , se eu tivesse lido isso hoje mais cedo teria ido muito bem na minha redação ????????

  2. Maxatin Brasil
    18 de maio de 2016 às 17:58 · Responder

    parabéns!

  3. Joana Fernandes
    18 de maio de 2016 às 17:57 · Responder

    Muito bom, adorei!

  4. Mario
    5 de agosto de 2015 às 12:54 · Responder

    Adorei o tema. Texto muito bom.