Jornada do paciente: tudo o que você precisa saber para atrair e fidelizar clientes.

Baixar o e-book
Sistema online completo
para clínicas e consultórios
nov 29
Aqui estão 5 motivos para migrar da planilha de gestão médica para um software

Aqui estão 5 motivos para migrar da planilha de gestão médica para um software

Durante muito tempo a planilha de gestão foi o meio principal de controlar um negócio. Ela representava um avanço em relação aos livros físicos e oferecia algumas vantagens. Com a evolução da tecnologia, entretanto, o recurso ficou para trás. Hoje, é comum que médicos e empresários tenham dificuldade para estruturar e encontrar informações nessa ferramenta.

Em contrapartida, o software de gestão surge como uma alternativa muito mais vantajosa. Representação do que existe de moderno, esse tipo de software apresenta diversas possibilidades que não são contempladas pela ferramenta tradicional.

Quer descobrir por que é melhor trocar a planilha de gestão pelo software? Veja 5 motivos e convença-se!

1. Facilidade no uso

Muitas vezes as pessoas dizem que preferem as planilhas por elas serem fáceis de usar. No entanto, a usabilidade de um software é uma das vantagens que a ferramenta oferece — porque o programa já está completamente construído, e o usuário pode utilizar os módulos.

Para usar o software basta inserir os dados necessários — como as informações do paciente — e ter tudo estruturado e guardado sem problemas. Com a planilha, por outro lado, é comum ter que inventar fórmulas, formatar campos e células. Isso leva a uma grande perda de tempo e, muitas vezes, a um resultado que não é tão interessante.

2. Mais recursos disponíveis

A versão tradicional para controlar a atividade médica apresenta algumas ferramentas, como o uso de fórmulas para calcular os ganhos ou custos. Além disso, a planilha permite a criação de alguns gráficos, mas no geral é um recurso bastante limitado. Tudo é feito à mão, e nem sempre há o conhecimento necessário para executar uma função.

Já com o software é possível aproveitar recursos complementares, não encontrados em planilhas, como confirmação da consulta por SMS ou e-mail, acompanhar o tempo de espera dos pacientes, automatização do preenchimento de guias TISS — além, é claro, de controlar toda a parte financeira.

Com muito mais facilidade, tudo fica a apenas alguns cliques de distância — o que economiza tempo e, principalmente, aumenta a confiabilidade das informações.

3. Aumento da segurança

Quem usa uma planilha de gestão médica para controlar todo o consultório corre o risco de perder as informações. Afinal, basta uma falha no computador para que os dados sejam perdidos — mesmo que haja um backup do dia anterior, por exemplo. O resultado vem na forma de retrabalho e falhas.

Por outro lado, como o software está na nuvem, há mais proteção e total disponibilidade dessas informações. Para completar, elas só podem ser acessadas por pessoas autorizadas — o que nem sempre acontece com as planilhas.

4. Acessibilidade garantida

O fato de o software estar na nuvem é essencial para garantir a acessibilidade. Você pode conferir as informações quando ou onde estiver, sem precisar de um equipamento específico. Isso oferece mais controle e dinamismo à gestão.

Além de tudo, é um jeito de viabilizar a democratização de acesso aos números e conhecimentos. Um número maior de pessoas pode ficar por dentro dos dados e colaborar para obter informações melhores. Por outro lado, a planilha sempre fica restrita a uma pessoa, e não é possível ter controle sobre as alterações realizadas.

5. Otimização na tomada de decisão

Todos esses aspectos fazem com que adotar o recurso inovador favoreça a tomada de decisão. Com a automação, os elementos são mais confiáveis e embasam as boas escolhas. Além disso, é fácil gerar relatórios, cruzar dados e encontrar pontos que merecem atenção.

Outro aspecto é a colaboração. Ter mais gente envolvida e por dentro do que interessa aumenta as chances de obter boas saídas para alguma dificuldade — como um alto nível de faltas de pacientes. Assim, a clínica é a maior favorecida.

Trocar a planilha de gestão médica pelo software é a melhor alternativa. A nova ferramenta é robusta, prática e facilita a rotina. Desse modo, fica simples acertar e conquistar um gerenciamento com grande valor.

Como essa escolha é bastante interessante, vale a pena entrar em contato conosco e saber como podemos ajudar!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *