Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Retorno sobre investimento: como medir em clínicas e consultórios

Retorno sobre investimento: como medir em clínicas e consultórios

Quantos investimentos você já fez para a sua clínica? Já perdeu as contas? Então não perca mais. Saiba agora como medir o retorno sobre investimento em consultórios e não desperdice mais seus recursos.

Para garantir a rentabilidade de uma clínica, é preciso saber para onde o seu dinheiro está indo e se, de fato, suas ações estão trazendo o retorno esperado.

Embora pareça difícil essa tarefa, ela só requer uma gestão organizada e as ferramentas certas. É sobre isso que falaremos ao longo deste conteúdo, em como medir o retorno sobre investimento. Vamos aos passos essenciais!

Entenda primeiro o que é o ROI Return On Investiment

Esse conceito, amplamente implementado em diferentes tipos de negócios, consiste em uma métrica capaz de mensurar o retorno que determinada ação traz para a receita final. Essa ação pode ser o investimento em alguma nova ferramenta para a rotina operacional ou pode ser também, usando o caso de consultórios, a realização de campanhas de divulgação.

No exemplo da ferramenta, podemos imaginar que uma clínica investiu em um software de gestão.

Após inserir esse tipo de tecnologia no seu consultório, o profissional quer saber se valeu mesmo a pena e se ele deve ou não continuar usando esse tipo de plataforma. O que ele deve fazer? Vamos ensinar no próximo tópico!

Como calcular o ROI em consultórios?

Em um consultório, toda a receita arrecadada vem diretamente de seus clientes. Já os gastos são de diferentes naturezas, como infraestrutura, gestão, mão-de-obra, materiais, aluguel de equipamentos, medicamentos, etc.

No caso da gestão, retornando ao caso do software para clínicas, é essencial saber com exatidão o impacto que ele traz à rotina de atendimentos.

Para saber seu ROI, é preciso partir de uma (ou mais) meta(s), que representa a meta que você tinha ao adquirir esse recurso. O segredo está aí, a pergunta certa é que vai te levar à resposta mais realista.

Nessa situação, as metas por trás do investimento em um software de gestão podem ser:

Como você pode ver, todos esses objetivos podem ser mensurados e comparados a dados anteriores. Essa é a primeira característica essencial para trabalhar com essa métrica.

Segundo aspecto, é preciso definir um período para analisar esses fatores.

Todas essa informações são importantes para o grande e principal objetivo dessa mensuração, que é saber o lucro obtido após determinado período utilizando essa ferramenta.

Diminuindo as despesas citadas anteriormente (sem deixar de comparar o fluxo de pacientes nos períodos analisados), espera-se uma receita maior, não é mesmo?

Portanto, para confirmar que esses fatores estão refletindo no lucro, o cálculo final do ROI é:

ROI = (lucro obtido – investimento inicial) / investimento inicial

Sendo assim, podemos dizer que para medir o retorno sobre investimento na clínica, é preciso saber, antes de tudo, o porquê de estar investindo em determinado fator, quanto ele custou, em que tipo de despesa ele impacta e, finalmente, o lucro que essa ação traz para o consultório.

Ficou mais fácil entender como lidar com essa métrica? Modernize a gestão do seu consultório e aprenda a guiar todas as suas ações e estratégias de maneira assertiva!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber as atualizações do blog!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *