Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Atendimento personalizado: fidelizando fora do consultório

Atendimento personalizado: fidelizando fora do consultório

Não é de hoje que falamos sobre a importância da fidelização do paciente à sua clínica ou consultório. O serviço de qualidade é essencial, mas não é um diferencial no universo médico e, nos demais negócios, onde outros tantos profissionais no mercado estão oferecendo o mesmo.

A diferença que você procura para seu estabelecimento, além da qualidade do serviço prestado, deve ser a forma de atendimento, acompanhamento e relacionamento com o seu paciente, tanto os novos quanto os antigos, que começa muito antes do balcão e se estende para muito depois da consulta. Para isto, o atendimento personalizado deve ser fruto do planejamento estratégico da sua clínica.

Queremos ajudar você a tornar o seu negócio próspero e de destaque no meio da saúde, para isso, separamos dicas que vão auxiliá-lo a fidelizar pacientes!

Conhecendo os concorrentes

O mercado amplo deve ser encarado como uma oportunidade para aprimorar seu negócio, e não como uma dificuldade do ramo. A partir disso, a nossa primeira dica é: conheça seus concorrentes!

Faça uma pesquisa sobre as clínicas e consultórios de sua localidade, especialmente se você estiver em uma região médica. Conheça a comunicação deles dentro do consultório e, especialmente, fora dele. As informações serão valiosas para você montar sua estratégia.

  • Lembre-se: tabele toda e qualquer informação.

Escute seus pacientes

Reserve alguns minutos depois das consultas com seus pacientes e pergunte o que eles sentem falta na comunicação de sua clínica, como eles conheceram seus serviços, quais são suas dores e anseios com relação ao seu trabalho. Fique atento: as resposta para esta última pergunta podem ser desde a falta de dinheiro para o tratamento até a dificuldade de achar um lugar para estacionar na ida à consulta.

As informações levantadas nesta etapa são as mais importantes, afinal, são eles o público que você quer atingir, além de que, a prática fará com que seus pacientes percebam a sua preocupação com a opinião deles e o relacionamento entre vocês ficará mais estreito.

Fidelizando através do digital

Não há como fugir, é através do meio digital que a captação de pacientes e, a manutenção da comunicação com eles, é feita. Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pelo seu portal de educação financeira, “Meu Bolso Feliz”, apontou que 09 em cada dez consumidores brasileiros que têm acesso à internet realizam pesquisas online antes de finalizarem a compra de produtos e serviços em ambientes físicos.

O que isso muda? Simplesmente tudo!

1# Redes sociais: você precisa de uma página no Facebook e ela precisa ser atualizada com frequência, seja com informações sobre seus serviços ou sobre o universo em que ele está inserido. Não sabe como fazer? Contrate uma agência de marketing digital que cuidará de toda essa parte para você.

2# Blog: todo o conteúdo produzido em sua página no Facebook deve levar para um site e/ou blog. Criar posts interessantes sobre seus serviços, com assuntos relacionados ao universo da saúde e bem-estar vão aproximar quaisquer pessoas que entrem em contato com a sua página. Lembre de proporcionar informações relevantes, interessantes e pertinentes.

A produção de conteúdo em redes sociais como o Facebook não garante a proteção de direitos autorais que um “.com” garante, por isso, confira sempre os termos de aceite destas mídias.

3# Cadastro de pacientes: é importante fazer sempre uma coleta de dados atenciosa e atualizada, principalmente dos e-mails e telefones, que podem mudar com frequência. Esses cadastros servirão para personalizar a experiência do seu paciente.

4# Newsletters: com seu banco de dados montado, você pode enviar e-mails direcionados a determinado público, celebrando datas, lembrando sobre serviços, divulgando posts do seu blog. Lembre-se de que estes conteúdos devem ser direcionados e personalizados para não serem marcados como spam.

5# Aniversários: mande felicitações para os clientes quando eles fizerem aniversário. É uma ação pequena, mas que faz a diferença para quem recebe.

Muitos ainda não tem e-mails ou acesso à internet, especialmente se o seu consultório atende pessoas idosos e carentes. Com o banco de dados atualizado, você pode transformar estes e-mails em cartas e enviá-las ao seus pacientes.

6# Rádio: as rádios locais costumam ser muito populares, especialmente, em cidades pequenas. Que tal investir em um spot para este veículo? Além de conversar com seu paciente, a rádio fornece algo extremamente importante: credibilidade.

Essa mídia vai atingir tanto quem está no online quanto quem está no offline e não tem acesso à internet.

As pessoas querem se sentir especiais, proporcione essa experiência!

Toda a vez que você demonstrar atenção e cuidado com seus pacientes, sejam eles os novos, os antigos e até os futuros, você estará mantendo seu relacionamento através do atendimento personalizado, fidelizando-os desta forma. Quando seus serviços forem necessários, você será o primeiro a aparecer na mente das pessoas e, desta forma, será a escolha certa.

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *