Sistema online completo
para clínicas e consultórios
4 dicas para conscientizar pacientes durante o Outubro Rosa

4 dicas para conscientizar pacientes durante o Outubro Rosa

Outubro é conhecido como o mês de conscientização sobre o câncer de mama. O movimento, denominado Outubro Rosa, nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, a fim de estimular a participação da população no controle da doença e hoje já é conhecido mundialmente.

Neste mês, muitas pessoas e entidades se unem na luta contra o câncer de mama, promovendo ações para divulgação de informações sobre a doença, diagnóstico precoce e tratamento.

Estabelecimentos comerciais, prédios públicos e monumentos também costumam “abraçar a causa”, utilizando em suas decorações a cor que dá nome ao movimento e que também remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama: o rosa.

E você, como médico (a), também está fazendo sua parte na conscientização sobre a doença?

Independente da área da saúde, é preciso se juntar a essa tão nobre causa que busca, principalmente, fomentar práticas voltadas à prevenção do câncer de mama. Quer saber como? Confira as dicas que selecionamos para você!

1. Aborde o assunto durante as consultas

Nossa primeira dica para o Outubro Rosa é: coloque em prática o conceito de overdelivering, ou seja, ofereça mais do que sua paciente espera. Se o mês é voltado à conscientização sobre o câncer de mama, porque não abordar o assunto durante as consultas?

Embora essa não seja sua área de atuação, você pode desempenhar um papel importante nesta campanha, orientando sobre a importância da realização do autoexame e do check-up de rotina e mostrando dados sobre o tratamento precoce e as chances de cura da doença, por exemplo.

2. Disponibilize materiais informativos

Todos os anos diversos materiais informativos sobre a doença são desenvolvidos pelo Ministério da Saúde e distribuídos em postos, hospitais e laboratórios públicos. Que tal, então, verificar junto à secretaria de Saúde do seu município, a possibilidade de disponibilizar cartazes e flyers explicativos também em seu consultório?

Se preferir, você também pode, em parceira com uma agência de publicidade, elaborar um material próprio com informações básicas, porém, fundamentais para as mulheres sobre a doença. Certamente, estará reforçando ainda mais o trabalho de overdelivering do seu consultório.

3. Decore o ambiente com a cor do movimento

A cor rosa utilizada na campanha já se tornou uma leitura visual compreendida em qualquer lugar do mundo, por isso, apostar em uma decoração personalizada para sua clínica durante o mês de outubro também é importante.

Desde o uniforme, até laços, balões, faixas e itens decorativos da cor rosa: tudo é válido para chamar a atenção da população, especialmente das mulheres, sobre essa doença.

4. Participe de ações

Certamente, diversos eventos sobre o Outubro Rosa serão realizados no seu município. Busque se informar sobre eles e participar, na medida do possível, dessas atividades, seja ajudando na organização, na realização ou divulgação dos mesmos.

Você certamente estará contribuindo, e muito, nessa luta que não pode parar.

Gostou desse conteúdo? Então, compartilhe e informe seus colegas sobre o assunto!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *