Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Medicina do futuro: conheça 3 especialidades da era da informação

Medicina do futuro: conheça 3 especialidades da era da informação

A medicina não será mais a mesma. Em suma, essa é a tendência para o futuro. Assim como diversas outras áreas, a medicina tende a sofrer grandes transformações no tocante, principalmente, a tarefas corriqueiras.

Em estágio relativamente avançado, muitas pesquisas são divulgadas quase que diariamente, buscando incessantemente o diagnóstico e a cura de doenças, até então, consideradas impossíveis de solução.

A grande pergunta, no entanto, que rodeia essas transformações, está em entender como será a atuação de profissionais de saúde, bem como quais especialidades serão mais fortemente impactadas por essa nova era.

No post de hoje, você encontrará algumas tendências sobre o universo da medicina e como o profissional da saúde do futuro pode se antecipar a elas. Confira!

1. Medicina de família

A expressão “médico da família” sempre teve um peso considerável sobre a sociedade. Não é incomum encontrar pessoas que afirmam veemente que só confiam ou consideram o diagnóstico do médico que está ao lado da família há anos.

De fato, cria-se, dessa maneira, um vínculo forte entre profissional e paciente. No entanto, por outro lado, os médicos acabam “vendo” seus pacientes somente quando necessário, não sendo possível um monitoramento constante, mesmo que de longe, da saúde da família.

É aí que surgem sensores vestíveis (wearable devices), que possibilitam a transferência de dados dos pacientes para o smartphone dos médicos, enviando notificações sobre os dados vitais, quando não estão normalizados. Esses dados podem permitir um melhor cuidado, além da aproximação na relação médico-paciente.

2. Oftalmologia

Pra quem já acompanhou a ficção científica, em que lentes de contato praticamente invisíveis detectavam sintomas e doenças, essa é uma boa notícia. As lentes de contato digitais poderão transformar o modo como enxergamos o mundo, atuando também no cuidado com o diabetes.

Empresas renomadas de tecnologia, como o Google, já trabalham, há algum tempo, em sensores que poderão medir a glicemia dos pacientes, em tempo real, sem agulhas. Esse é um exemplo de procedimento que – sendo automatizado – otimiza o tempo do profissional e permite que ele concentre esforços em oferecer um atendimento mais humanizado e de mais qualidade ao paciente.

3. Oncologia

Mais do que curar, a promessa para o futuro nessa área está em entender a doença, compreendendo seu desenvolvimento, formação, entre outras questões.

As premissas são de que companhias – que trabalham com as biópsias filtrando as células tumorais de amostras sanguíneas – poderão diagnosticar precocemente os tumores sem a necessidade de um procedimento cirúrgico.

É claro que todas as áreas da saúde, de alguma maneia, se beneficiarão dos avanços propostos pelas tecnologias em estudo. No momento, essas são as mais promissoras e com promessas positivas no que tange à qualidade de vida, ao bem-estar e, principalmente, ao trabalho de médicos.

Confira também: 6 ferramentas online que podem aumentar a produtividade no trabalho.

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *