Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Meu primeiro consultório: como iniciar na carreira profissional

Meu primeiro consultório: como iniciar na carreira profissional

Sair da faculdade e montar o próprio negócio, convenhamos, é o sonho de muita gente, inclusive dos estudantes de medicina. A ideia de montar o primeiro consultório, atender os primeiros pacientes e conquistar o seu espaço no mercado de trabalho mexe com a imaginação.

No entanto, na prática, essa realização não é tão simples quanto parece. Há muitas coisas além de tratar pacientes que precisam ser consideradas quando o assunto é o primeiro consultório.

Entenda a diferença entre trabalho e negócio

A primeira delas é entender a diferença entre trabalho e negócio. Você estará lá trabalhando, é claro, mas antes de ser apenas um trabalho, seu consultório é um negócio. Dessa forma, para que ele realmente dê certo, você precisa enxergá-lo como tal.

Lembre-se de que trabalho exige esforço e produtividade, mas negócio requer, além disso, estratégias e planejamento. Você será o responsável por manter a equipe motivada, assegurar a satisfação dos pacientes e garantir o lucro do consultório para que ele continue ativo.

Investimentos serão sempre necessários

Qualquer novo negócio requer um bom investimento financeiro para começar a operar e com um consultório médico não é diferente. Mas, antes disso, é preciso investir na sua formação, e a graduação é apenas o primeiro passo.

Invista em especializações e cursos de qualificação constantemente, participe de eventos e congressos e procure sempre estar atualizado sobre a sua área de atuação. Isso não apenas para iniciar o seu negócio, mas ao longo dos anos também. Afinal, conhecimento nunca é demais.

Depois disso é preciso o investimento financeiro para o negócio começar a “decolar”. A faculdade de medicina não oferece noções de administração, por isso procurar ajuda de um profissional especializado pode ser uma boa alternativa para iniciar no caminho certo.

Divulgue a sua clínica e realize um bom atendimento

De nada adianta abrir um consultório sem investir em um trabalho de comunicação eficiente. A propaganda “boca a boca” pode surtir efeito, no entanto, somente com uma boa divulgação você ganhará visibilidade no mercado para atrair pacientes.

Investir em um bom website, canais de contato com o seu público como e-mail e redes sociais faz toda a diferença, mas acima disso está o relacionamento com seus pacientes. Seja atencioso, prestativo e demonstre preocupação com o problema de quem estiver atendendo.

Você está iniciando na carreira, tem ainda um longo caminho pela frente e para percorrê-lo com sucesso sua reputação é essencial!

Gostou desse post? Então, leia também: 5 conselhos valiosos para um médico em início de carreira.

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *