Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Entenda a importância do uso de imagens no tratamento médico

Entenda a importância do uso de imagens no tratamento médico

Os avanços na tecnologia de imagem têm sido essenciais para o desenvolvimento da medicina, pois permitem, por exemplo, que diagnósticos sejam feitos de forma menos invasiva. A evolução do uso de imagens no tratamento médico tem sido tão significativa que as residências em radiologia e em patologia, ramos que lidam com o diagnóstico de imagem, são uma das mais procuradas e concorridas em diversos processos seletivos. No post de hoje, vamos falar a importância dessas imagens no tratamento e por que é interessante investir nisso. Confira!

Usos de imagens no tratamento médico

Elas são utilizadas principalmente no momento do diagnóstico, auxiliando na precisão de seu resultado. Diagnósticos de doenças importantíssimas e frequentes, como câncer de mama e de intestino, sinusite, coágulos cerebrais, têm na imagem seu eixo central.

As imagens também têm sido úteis em diversos outros momentos — muitas cirurgias, por exemplo, necessitam de seu auxílio. Além disso, elas são essenciais no acompanhamento da evolução de determinadas doenças, como a progressão de um câncer, e cumprem um papel fundamental na medicina estética.

A importância da estética na cirurgia plástica

Nesse caso, não é necessário imagens de equipamentos de alta tecnologia: uma simples câmera digital é suficiente para esse acompanhamento. Na cirurgia plástica, as imagens são essenciais, não só para acompanhar o tratamento do paciente, mas como uma medida protetiva contra futuros processos médicos.

Hoje em dia, há muitos softwares que podem utilizar as imagens que foram tiradas do pacientes para ter uma prévia de como será o resultado da cirurgia. Isso certamente aumenta a segurança do paciente.

O cirurgião poderá, também, mostrar fotos de antigos pacientes — sempre com a autorização deles, é claro — para que o novo paciente tenha uma prova de sua competência. Após a cirurgia, a imagem permite a comparação do antes e depois, na qual o paciente e o médico verificam se as imagens atenderam as expectativas de ambos.

O que os outros ramos da medicina podem aprender com a cirurgia plástica em relação às imagens

O uso da imagem como uma forma de documentação deveria ser mais frequente na medicina, pois isso garante segurança para o médico e para o paciente. O profissional de saúde, muitas vezes, conta somente com a memória, que pode falhar.

Na dermatologia, a imagem pode ser útil para o acompanhamento da evolução da psoríase, por exemplo. Nas cirurgias, pode auxiliar na verificação de um processo de cicatrização pós-cirúrgica e para comprovar que o procedimento correto foi executado.

Além disso, em tratamentos que só apresentam resultados perceptíveis a longo prazo, um conjunto de imagens de antes e depois pode auxiliar bastante na hora de demonstrar que o tratamento realmente foi efetivo. Nesses casos, é interessante investir em softwares que armazenem esses documentos juntamente com o prontuário, para garantir sua segurança e a facilidade de acesso. Essa é a melhor forma de centralizar os recursos para uma consulta, pois não há risco de que o prontuário seja perdido ou que o paciente perca as imagens físicas.

Você já passou por alguma situação que comprova a importância das imagens no tratamento médico? Conte para a gente nos comentários!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *