Sistema online completo
para clínicas e consultórios
Entenda alguns motivos pelos quais os pacientes faltam às consultas agendadas

Entenda alguns motivos pelos quais os pacientes faltam às consultas agendadas

Um dos problemas mais recorrentes em clínicas médicas ou odontológicas é o não aparecimento de pacientes em consultas agendadas. A falta sem aviso desses pacientes é prejudicial para a clínica, que tem que lidar com horários ociosos; para outros pacientes, que poderiam estar utilizando essa vaga; e para o próprio indivíduo que não comparece, que está perdendo uma chance de manter a qualidade da sua saúde.

Veja no post de hoje quais são os principais motivos que levam pacientes a não comparecer em consultas agendadas e o que fazer para evitar esse problema!

1. Surgem compromissos e imprevistos

O paciente quer ir à consulta, mas, ao marcá-la, esquece que já tem um compromisso no mesmo dia e horário, pois não confere sua própria agenda. Ainda, algum tipo de imprevisto acontece às vésperas da consulta e impossibilita o paciente de comparecer à clínica.

Por isso, é importante verificar com o paciente, no momento da marcação, quais horários estão disponíveis e se ele não tem nenhum compromisso previamente marcado. Além disso, ligar para o paciente alguns dias antes da consulta agendada para confirmar o horário é uma boa maneira de lembrar aos pacientes que eles devem comparecer ou desmarcar a consulta.

Também é necessário ressaltar que, caso haja qualquer mudança de planos, é ideal que ele avise a clínica ou consultório o mais cedo possível, para que providências sejam tomadas rapidamente. O paciente precisa estar ciente de que qualquer falta sem aviso pode comprometer outras pessoas que poderiam usar aquele horário.

2. O retorno não é visto como importante

Muitos tratamentos precisam de várias consultas de retorno para verificação da evolução da doença e do sucesso de uma determinada terapia. Porém, passados os sintomas iniciais, muitos pacientes não veem importância em voltar ao médico após a primeira avaliação.

Os profissionais devem deixar claro que exames e consultas subsequentes são essenciais para a boa avaliação do paciente e que o não comparecimento pode trazer riscos sérios à sua saúde.

3. O paciente não se dá bem com a equipe

Caso uma pessoa não goste do atendimento do médico ou de qualquer outro profissional presente na clínica, dificilmente ela terá vontade de retornar, independente das recomendações médicas ou da marcação de uma consulta posterior.

Por isso, é importante que todos que trabalham na clínica recebam instruções e treinamento para lidar com os pacientes da maneira mais educada, ética, respeitosa e empática possível, o tempo todo. Os médicos, principalmente, devem ter foco em desenvolver uma boa relação com o paciente. Qualquer desvio dessa conduta pode resultar em pacientes desconfortáveis, que desejam manter-se longe do serviço.

4. O paciente precisa esperar muito antes das consultas agendadas

Clínicas desorganizadas, que marcam um horário com o paciente mas só o atendem horas depois, correm risco de perder seus clientes devido a sua impaciência ou compromissos inadiáveis.

Assim, é fundamental a qualquer serviço de saúde que tenha um bom sistema de gestão de demandas, que possibilite o controle rígido da agenda e dos prazos sob os quais seus profissionais estejam trabalhando. Uma gestão organizada leva a um fluxo eficiente de pacientes e evita que longos atrasos ocorram.

Você passa por muitas situações semelhantes? Quais estratégias adota para evitar que pacientes faltem em consultas agendadas?

Compartilhe suas experiências nos comentários e baixe nosso ebook para conferir mais dicas!

André Luiz Forchesatto

André Luiz Forchesatto é especialista em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). É CEO do Clínica nas Nuvens, um software médico online completo para o gerenciamento de clínicas e consultórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *